Feira de Santana: vereador Roberto Tourinho repercute greve de vigilantes e interdição de hospital

Roberto Tourinho: as agências bancárias, em nosso entendimento, deveriam buscar meios, alternativas, até porque a lucratividade dos bancos é grande, são as empresas que mais ganham dinheiro neste país.

Roberto Tourinho: as agências bancárias, em nosso entendimento, deveriam buscar meios, alternativas, até porque a lucratividade dos bancos é grande, são as empresas que mais ganham dinheiro neste país.

Em discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, nesta terça-feira (30/05/2017), o vereador Roberto Tourinho (PV) se pronunciou sobre a greve dos vigilantes da Bahia, que há seis dias vem afetando o funcionamento de agências bancárias, algumas indústrias, órgãos públicos, entre outros, e sobre a interdição do Hospital Casa de Saúde Santana, ocorrida no dia de ontem, por uma equipe da Vigilância Sanitária da Diretoria do Núcleo Regional de Saúde.

Com relação à greve dos vigilantes, o edil disse, com base informações da imprensa feirense, que está prevista para hoje à tarde, a partir das 14 horas, uma assembleia da categoria, para tentar pôr fim ao movimento grevista, que já dura seis dias.

Ele ressaltou que a greve tem trazido sérios prejuízos à população, principalmente às pessoas que precisam fazer transações bancárias. “As agências bancárias não têm feito o reabastecimento de dinheiro e as pessoas estão passando dificuldades. É um total desrespeito dessas agências bancárias para com a população de Feira de Santana”, criticou.

Tourinho acrescentou: “as agências bancárias, em nosso entendimento, deveriam buscar meios, alternativas, até porque a lucratividade dos bancos é grande, são as empresas que mais ganham dinheiro neste país. Então,  nós não podemos aceitar  esse total desrespeito à população, aos correntistas, aos aposentados, àquelas pessoas que buscam nas agências bancárias receber o que é de direito”.

Casa de Saúde Santana

No que concerne à interdição da unidade hospitalar, o vereador disse que ouviu atentamente os discursos dos vereadores sobre esse fato. “Eu também, particularmente, penso de que o Governo do Estado deve buscar uma maneira, o mais rápido possível, na solução desse problema”, anseia o edil.

Roberto Tourinho ressaltou que, nesse caso, só não concorda com os pronunciamentos que já emitem juízo de valor, como se fosse uma questão de ordem política. “Porque nós não sabemos, exatamente, os motivos pelos os quais levaram a interdição da Casa de Saúde Santana”, pontuou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]