Feira de Santana: centenas de pessoas participam da II Lavagem do Beco da Energia

II Lavagem do Beco da Energia ocorreu em Feira de Santana.

II Lavagem do Beco da Energia ocorreu em Feira de Santana.

Variedade de penteados, roupas, e estilos dos mais diversos. Uma verdadeira mistura cultural. Foi neste cenário que centenas de pessoas participaram na tarde deste sábado (13/05/2017) da II Lavagem do Beco da Energia. A animação começou com o arrastão, ao som da banda de percussão Zenza, saindo em direção a rua Marechal Deodoro, e retornando ao local de origem. A cada ida e vinda, o arrastão trazia mais gente. A chuva que caiu durante toda a tarde não foi empecilho para a diversão.

O grupo Unidos Pelo Samba iniciou a programação no palco principal. Relembrando clássicos do ritmo genuinamente brasileiro, a banda fez todo mundo sambar. Em seguida o som da vez foi o reggae, com a banda The Charlie Roots, que evidenciou ainda mais a versatilidade cultural do Beco da Energia. Também passaram pelo palco a banda Roça Sound, o grupo afro Pomba de Malê, além de uma participação especial da Quixabeira da Matinha.

“Aqui é o lugar onde todas as tribos se juntam e celebram a cultura”, declarou o tatuador Robson Neves, frequentador assíduo das atividades culturais do Beco. “O Beco é hoje a maior galeria a céu aberto de Feira de Santana”, comenta Márcio Punk, fundador do Coletivo O Beco é Nosso.

Ele acrescenta que a Lavagem do Beco da Energia é um evento que relembra a Lavagem do Beco do Mocó, um dos mais tradicionais eventos pré-micaretescos da cidade. O evento contou com o apoio cultural da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Secretaria de Cultura, Esportes e Lazer e da Secretaria de Comunicação Social.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]