Cão do 8º BPM encontra droga em Aeroporto de Porto Seguro

Membros da PM da Bahia ao lado dos cães adestrados para encontrar drogas ilícitas.

Membros da PM da Bahia ao lado dos cães adestrados para encontrar drogas ilícitas.

Ao concluírem o módulo prático do treinamento para atuação com cães, policiais do 8° Batalhão da Polícia Militar (Porto Seguro) apreenderam 200 gramas de maconha, no Aeroporto de Porto Seguro. Embora seja uma quantidade pequena a encontrada, ação indica o grande faro e preparo dos animais na identificação de entorpecentes.

Após dois dias de teorias sobre como proceder na condução de abordagem com cães, a instrução, que teve a participação de 18 profissionais, dentre eles PMs, policiais civis e agentes penitenciários do sul e extremo sul do estado, partiu para a prática.

Na manhã de hoje, uma blitz de abordagem a ônibus foi instalada na entrada de Porto Seguro, na altura do posto da Polícia Rodoviária Federal, com demonstrações de como os animais devem ser conduzidos.

Já no turno da tarde, a finalização do curso ocorreu no aeroporto, onde a droga foi encontrada. ” Isso demonstra a importância da utilização dos cães nas operações policiais de combate ao tráfico e, principalmente, da indispensável preparação dos nossos homens para lidarem com estes animais e saber compreendê-los”, afirmou o coordenador da instrução, comandante da 1ª Companhia do 8° BPM e responsável pelo canil, capitão Jádson Carneiro.

Participaram da capacitação quatro cachorros. Luna, uma labrador, e três malinois, Zorro, Donnah e Diva JawsPaws, esta última, responsável pela apreensão no aeroporto. O canil do 8º BPM, que funciona há dois anos, atende a outras 13 companhias da região sul, de acordo com a necessidade.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]