Após denúncia, vereador Ronaldo Almeida se desculpa com assessores e colegas da Câmara Municipal de Feira de Santana

Vereador Ronaldo Almeida Caribé (Ron).

Vereador Ronaldo Almeida Caribé (Ron).

O vereador Ronaldo Almeida Caribé – Ron do Povo (PTC), em discurso na Casa da Cidadania, na sessão ordinária desta segunda-feira (29/05/2017), pediu desculpas aos vereadores e seus assessores pela acusação que fez, semana passada, de que um assessor de um vereador teria lhe ofertado drogas nas dependências da Câmara.  Ron reconheceu que fez a acusação no calor da emoção, sem procurar se aprofundar nas devidas informações que pudessem dar maior clareza aos fatos.

“Reconheço que as minhas declarações provocaram nos colegas grande insatisfação, pois não coloquei a minha fala de forma clara e direta. Neste momento, peço desculpa a todos pelas minhas palavras. Não foi, de maneira alguma, com a intenção de ofender”, afirmou.

 E estendeu o pedido aos assessores, sob o argumento de que não quis ofender ou fazer comparações negativas, pois sabe que eles são peças importantes para as ações de todos os vereadores.O edil afirmou que não pretende mais tratar do assunto. “O que eu tinha para declarar já declarei aqui. Aos amigos e companheiros da imprensa e ao povo de Feira de Santana comunico que os devidos esclarecimentos serão dados pela Polícia Civil após as investigações”,finalizou.

Em aparte, o corregedor da Casa, vereador Alberto Nery (PT), destacou que o pedido de desculpas e as justificativas do vereador não impedem a continuação do processo administrativo inciado pela Corregedoria da Casa.  “Pedir desculpas não o exime da culpa, inclusive essa poderia ser uma das penalidades aplicadas ao vereador. A decisão da Corregedoria sobre o fato será apresentado á Casa na próxima quarta-feira” comunicou.

Também em aparte, o vereador Marcos Lima (PRP) discordou do corregedor e ressaltou que o vereador Ron se desculpou não somente aos assessores, como também à sociedade de Feira de Santana. “Eu acho a atitude de Ron foi louvável, já que teve a humildade de confessar a precipitação e reconhecer o erro. Acredito que com isso a Corregedoria pode rever a situação do colega”, sugeriu.

Já o vereador e líder do Governo na Casa, José Carneiro (PSDB), salientou que o corregedor está correto e não deve ser tirados os méritos. Segundo ele, existe um processo e a Corregedoria tem que prosseguir. “Mas, não podemos deixar de reconhecer a humildade do vereador em assumir o erro. Isso é algo que temos que louvar mesmo, já que somos seres humanos passivos de erros e acertos. Reconhecer o erro é um mérito. Nenhum vereador desta Casa quer fazer disso um cavalo de batalha”, concluiu.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]