ALBA: deputado propõe Moção de Apoio à PM em episódio envolvendo Igor Kannário durante a Micareta 2017 de Feira de Santana

Vereador e cantor Anderson Machado de Jesus (Igor Kannário, PHS de Salvador). Secretaria da Segurança Pública da Bahia critica descompostura do parlamentar e artista, durante Micareta 2017 de Feira de Santana.

Vereador e cantor Anderson Machado de Jesus (Igor Kannário, PHS de Salvador). Secretaria da Segurança Pública da Bahia critica descompostura do parlamentar e artista, durante Micareta 2017 de Feira de Santana.

Foi aprovado nesta terça-feira (23/05/2017), por unanimidade pela Comissão de Direitos Humanos e Segurança Pública da Assembleia Legislativa da Bahia, o encaminhamento de Moção de Repúdio ao cantor Igor Kannário e apoio à Polícia Militar da Bahia pela declaração feita durante sua apresentação na Micareta de Feira de Santana no último domingo. A matéria foi apresentada pelo deputado estadual feirense, Angelo Almeida (PSB).

De acordo com vídeos divulgados na internet e matérias veiculadas pela imprensa, o cantor que é conhecido como o príncipe do Gueto teria agredido verbalmente uma policial militar, após relatar agressões aos foliões. “O cantor interrompeu sua apresentação para atacar e ofender a Polícia Militar na pessoa de uma Policial Feminina que cumpria com alta carga de estresse o papel de manter ordem e coibir violência entre foliões. Isso não é aceitável”, afirmou o deputado ao se solidarizar com as policiais femininas da Bahia. Angelo disse ainda que se Kannário gostaria de coibir algum tipo de excesso deveria fazê-lo com respeito como diversos cantores ao gerenciar do trio e palcos possíveis situações de violência. “É preciso respeito tanto as instituições quanto as pessoas. Isso é mais importante que ser ou não autoridade, o que aliás nos traz mais responsabilidades”.

De acordo com nota enviada pela Polícia Militar não existe até o momento registro de agressão de policiais contra foliões durante a Micareta que aconteceu entre os dias 17 e 21 deste mês. A PM informou também que o Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL) avaliará as imagens de videomonitoramento do circuito da festa para apurar a existência do fato.

O deputado Angelo Almeida ressaltou que o objetivo da Moção é de alertar. “Ele é um cantor jovem e tem o respeito dos fãs. Espero que compreenda que a sua mensagem pode ser passada de outra forma, sem ofender, agredir ou incitar ainda mais violência. A postura de um verdadeiro príncipe é cuidar dos seus com respeito “.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]