Vereador: José Menezes faz críticas ao governo municipal e às empresas do transporte público de Feira de Santana

José Menezes Santa Rosa – Zé Filé (PROS) diz que as empresas não estão sendo fiscalizadas pelos órgãos competentes e por isso “fazem o que querem na cidade”

José Menezes Santa Rosa – Zé Filé (PROS) diz que as empresas não estão sendo fiscalizadas pelos órgãos competentes e por isso “fazem o que querem na cidade”

O vereador José Menezes Santa Rosa – Zé Filé (PROS), em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta quarta-feira (22/02/2017), parabenizou o seu colega, o vereador Marcos Lima (PRP), pelas duras críticas feitas em seu discurso sobre as empresas do transporte coletivo urbano de Feira de Santana.

De acordo com o edil, as empresas não estão sendo fiscalizadas pelos órgãos competentes e por isso “fazem o que querem na cidade”.

Zé Filé lembrou que esteve na cidade de Fortaleza, no início do ano, e que utilizou o serviço de transporte público da cidade. Segundo ele, esteve dentro do ônibus rodando por 1 hora e 40 minutos e pagou R$ 2,70 pelo percurso. “Aqui em Feira de Santana o passageiro pega um ônibus no bairro do Feira X, não roda muito e paga R$ 3,65. E agora me inventam um cartão, que se a pessoa não o tiver paga a mais. Isso é um absurdo, um descaso. É brincar com quem precisa utilizar o transporte coletivo”, criticou.

Ele destacou também o sentimento de impotência que tem como vereador por não poder fazer nada para resolver uma situação que ele considera como inaceitável. E chamou a atenção do prefeito José Ronaldo de Carvalho. “O senhor recebeu 71% dos votos da população e não pode aceitar essa situação absurda que as empresas de ônibus obrigam a população de Feira de Santana a passar”, concluiu.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]