Prédio do Arquivo Público Municipal de Feira de Santana completa 100 anos de construído

Fachada do Arquivo Público Municipal de Feira de Santana.

Fachada do Arquivo Público Municipal de Feira de Santana.

Construído durante o período da Intendência do Cel. Agostinho Fróes da Motta, em 1917, o prédio onde atualmente funciona o Arquivo Público Municipal, no nº 1101, da Avenida Senhor dos Passos, em Feira de Santana, está completando 100 anos de fundado.

O prédio, que foi inaugurado em janeiro de 1918 e funcionou, durante décadas, a Escola João Florêncio, hoje abriga um acervo composto por mais de 200 mil documentos relativos à história administrativa de Feira de Santana, e está aberto para pesquisa de estudantes, professores, pesquisadores e à comunidade em geral.

O Arquivo Público Municipal  dispõe de uma biblioteca com mais de 1.000 livros históricos que compreende o período da Intendência até a época atual. Entre documentos raros que remontam a história e a formação do Município, são encontrados projetos arquitetônicos de prédios públicos datados  desde 1916 até 2002, bem como  escrituras de 1881 a1888.

A história do período escravocrata se encontra devidamente documentada em  inúmeros  livros que registram a compra e a venda de escravos, em Feira de Santana.

Estrutura

O prédio oferece recepção; sala de arquivo intermediário, onde estão plantas e projetos diversos de construções; sala de apoio à pesquisa, com vasta coletânea de livros e revistas sobre a história de Feira de Santana, além de recortes de jornais, decretos, portarias e leis municipais; sala de pesquisa onde estão nove pôsteres de vultos históricos da cidade, dentre intendentes, a heroína Maria Quitéria, o historiador monsenhor Renato de Andrade Galvão e da maestrina Georgina Erismann.

A estrutura do Arquivo Público também conta com sala de atendimento, onde constam as fichas de todos os servidores públicos municipais; sala de exposição, com 55 fotos históricas antigas; sala de triagem e depósito e ampla sala de livros. Neste prédio ainda funciona o Instituto Histórico e Geográfico de Feira de Santana.

A chefe da Divisão do Arquivo Público Municipal, Gleide Maria Bastos Silva Figueiredo, informa que o equipamento está aberto à visitação pública de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h. A visitação de grupos pode ser agendada pelo telefone 3603-7770.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]