Ministro garante ao prefeito José Ronaldo verba para duplicar trecho do anel de contorno de Feira de Santana; recursos serão disponibilizados no Orçamento da União de 2018

Prefeito José Ronaldo, deputado Paulo Azi e superintendente Amauri Sousa Lima debatem recursos para Feira de Santana.

Prefeito José Ronaldo, deputado Paulo Azi e superintendente Amauri Sousa Lima debatem recursos para Feira de Santana.

A futura obra de duplicação do trecho do anel de contorno de Feira de Santana entre o Complexo Viário Deputado Miraldo Gomes (às margens do bairro Cidade Nova) e o hotel Pousada da Feira, antiga reivindicação dos feirenses e de moradores das cidades vizinhas que utilizam diariamente aquela via federal, terá recursos alocados junto ao Orçamento 2018 da União. A notícia foi dada nesta quinta-feira (09/02/2016), pelo prefeito José Ronaldo.

Ele apresentou a informação em discurso durante reunião do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, formado por representantes do Governo e da sociedade civil organizada, para discutir com lideranças de classes o novo projeto do Centro Comercial Popular. A garantia da dotação da verba para execução da obra é do ministro dos Transportes Maurício Quintella Lessa, com quem Ronaldo esteve em audiência na quarta-feira (08), em Brasília. Participaram do encontro o superintendente regional da Sudene na Bahia, Marcelo Neves, e o deputado federal baiano Paulo Azi.

“A duplicação do anel rodoviário, neste trecho, tem absorvido 60 a 70 por cento dos meus contatos em Brasília, nessas últimas viagens que fiz. É uma luta antiga do povo de Feira de Santana, que eu estou determinado a ver vitoriosa”, disse o prefeito. Segundo ele, esta obra extrapola o interesse local. “É um pleito de uma região, mas que contempla cidadãos do Brasil inteiro, que se utilizam desta via para se deslocar pelo país”.

BRs 116 Norte e 101

O prefeito aproveitou a audiência com o ministro dos Transportes para confirmar com ele previsões anunciadas por Michel Temer, quando esteve com o presidente em audiência, dias atrás, relacionadas a obras de duplicação em trechos das BR 116 norte (Feira-Serrinha) e 101, de Feira de Santana até a divisa com o estado de Sergipe.

O ministro garantiu que recursos já se encontram assegurados para a duplicação da 116 norte no trecho de Feira a Tanquinho, justamente o que apresenta maior complicação de tráfego. “Este percurso de aproximadamente 20 quilômetros demanda hoje em dia em torno de uma hora, um sofrimento”, assinala Ronaldo. Em relação a duplicação da 101, entre Feira e a divisa com Sergipe, também conta com recursos garantidos e os trabalhos devem ser iniciados ainda este mês de fevereiro.

Publicidade

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]