Governador Rui Costa destaca importância de entidades afro para preservação do Carnaval baiano

Governador Rui Costa acompanha a saída do Ilê Ayê no Curuzu.

Governador Rui Costa acompanha a saída do Ilê Ayê no Curuzu.

O apoio do governo a entidades carnavalescas ligadas ao movimento afro tem sido fundamental para preservar a história e as tradições do Carnaval baiano, afirmou o governador Rui Costa, na tarde deste domingo no Campo Grande.

Rui citou a importância do projeto Carnaval Ouro Negro, criado pela Secretaria de Cultura do Estado em 2008 com o objetivo de requalificar os desfiles dos blocos, estimulando a valorização e a preservação da tradição afro no Carnaval, mantendo alas e roupas tradicionais.

“Nós garantimos um apoio forte a essas entidades, que contam a história do povo baiano”, ressaltou o governador. “Nós precisamos contar a nossa história, precisamos ter orgulho da história e de quem fez o Carnaval da Bahia”.

Sobre o apoio do Estado a trios sem cordas, Rui ressaltou a importância dessa ação para democratizar o Carnaval de Salvador. “Sem a corda, tem menino, idoso, a família toda veio para a rua. E isso que eu chamo Carnaval democrático, para todo mundo curtir, sem corda, sem estar espremido e para todos os gostos, graças aos editais de cultura, como o Ouro Negro”.

Ele lembrou que o governo também tem apoiado não apenas nomes que fazem sucesso atualmente no cenário musical, como também aqueles que foram importantes para a valorização da festa no passado, citando artistas como Armandinho, Dodô e Osmar, estes dois últimos figuras centrais ligadas à história do Carnaval baiano.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]