Jornal francês La Croix se interroga sobre morte de Teori Zavaschi

Velório do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, no prédio do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Atos fúnebres do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki.

O jornal católico La Croix, de esquerda, destaca em sua edição desta segunda-feira (23/01/2017) a morte do juiz Teori Zavascki em um acidente aéreo na quinta-feira passada (19), lembrando que ele era o responsável pelas investigações da operação Lava Jato, na qual o próprio presidente Michel Temer é citado. “E é Temer quem vai escolher o substituto de Teori”, observa o jornal.

La Croix noticia a morte de Teori fazendo três perguntas.

— Quem era o juiz e o que ele estava investigando?

La Croix explica aos leitores franceses que Teori foi nomeado pela ex-presidente Dilma Rousseff em 2012 para o Supremo Tribunal Federal, a mais alta instância jurídica do Brasil. Ele foi encarregado de relatar ao STF as denúncias da operação que trouxe à tona o maior escândalo de corrupção do país, o Lava Jato. “Considerado um grande articulador, independente e indiferente à efervescência midiática, Teori teve um papel relevante na investigação, acusando e condenando vários homens políticos”, diz o artigo, citando Sérgio Moro: “Sem ele, não teria havido a Lava Jato”.

— Sua morte repentina levanta suspeitas no Brasil?

O diário analisa que, obviamente, a morte de uma pessoa de tal importância levanta dúvidas, principalmente porque ele trabalhava com as esperadas 77 delações premiadas de executivos da Odebrecht, definida como a maior construtora do país e a mais envolvida na corrupção monumental do caso. “Uma centena de políticos seriam citados, inclusive o presidente Michel Temer”, diz o jornal, relatando também as denúncias de ameaça recebidas pelo juiz. La Croix fala dos comentários nas redes sociais depois do acidente, que vão da tristeza e preocupação à teoria do complô, e diz que a Associação dos juízes federais do Brasil exige que a investigação seja “a mais rápida e transparente possível”.

— O que vai mudar na investigação com a morte de Teori?

La Croix informa que, sem dúvida, a morte do juiz vai frear o desenrolar da investigação e bloquear a validação das 77 confissões dos executivos da Odebrecht. Outro ponto preocupante citado pelo jornal é a nomeação do substituto de Teori, que deve ser escolhido por Michel Temer, antes de ser validado pelo Senado. “Um processo equívoco, já que Temer e diversos senadores são citados na Lava Jato”, diz o artigo.

Para concluir, o jornal francês afirma que a presidente do Supremo, Carmen Lúcia, pode redistribuir os dossiês do juiz a um dos dez outros ministros do Tribunal, uma hipótese que ganha força.

Áudio de avião que levava Teori não indica falha em aeronave

De acordo com a ‘Folha’, piloto disse que esperaria a chuva diminuir antes de pousar. Ele pode ter perdido o controle da aeronave antes da queda no mar

Gravação de áudio recuperada do avião que caiu no mar de Paraty (RJ) matando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki aponta que não houve relato por parte do piloto de problemas na aeronave antes do acidente da semana passada, de acordo com peritos da Aeronáutica, informa o jornal Folha de S.Paulo nesta terça-feira.

De acordo com o jornal, os registros da cabine do avião King Air teriam captado conversas do piloto da aeronave com outros pilotos que voavam pela região, nas quais ele disse que esperaria a chuva diminuir antes de pousar. Pouco depois a gravação teria sido interrompida, de acordo com análises preliminares, reporta a Folha.

Técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) avaliam preliminarmente, de acordo com o jornal, que o piloto pode ter perdido o controle da aeronave antes da queda no mar. Ainda segundo a Folha, o áudio não explica exatamente o que aconteceu e a investigação depende também de outros fatores para esclarecer o motivo da queda.

*Com informação da RFI, Veja e Folha de São Paulo.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]