Governador Rui Costa define novos nomes para secretarias de Meio Ambiente e de Justiça

Governador Rui Costa.

Mudanças no governo Rui Costa objetivam reorganizar base política resultante das eleições municipais de 2016 e consolidar forças para a reeleição em 2018.

Em nota, postada no sábado (21/01/2017) na página pessoal do Facebook, o governador da Bahia, Rui Costa (PT), anunciou novas mudanças no secretariado. Geraldo Reis deixa a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) para assumir a Secretaria do Meio Ambiente; e Carlos Martins deixa a Secretaria de Desenvolvimento Urbano para assumir a SJDHDS.

Além destas mudanças, na sexta-feira (20), o governador anunciou novos nomes para compor o secretariado. Na Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), deixa o cargo Jorge Hereda e assume Jaques Wagner; na Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), deixa o cargo Carlos Martins e assume Fernando Torres (PSD); na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) deixa o cargo Manoel Mendonça e assume Vivaldo Mendonça; na Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), deixa o cargo Álvaro Gomes e entra Olívia Santana, que será substituída na Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) por Julieta Palmeira; e Jorge Hereda, que foi substituído por Jaques Wagner na SDE, assume a BahiaInvest.

Inicialmente, a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER) teria como novo presidente Abal Magalhães, mas, na nota de sábado, o governador manteve na presidência José Lúcio Machado.

A posse dos novos membros do governo ocorre na segunda-feira (23) no auditório da Fundação Luís Eduardo Magalhães (FLEM). O horário da posse ainda não foi informado.

Leia +

Rui Costa anuncia mudanças no governo; deputado Fernando Torres assume SEDUR e Jaques Wagner passa a comandar SDE

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).