Filho de Teori Zavascki descarta sabotagem em acidente aéreo que matou pai

Teori Albino Zavascki atuou como magistrado de carreira e professor. Era ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) desde 29 de novembro de 2012, tendo sido nomeado pela presidente Dilma Rousseff. Ele morreu em acidente de avião, na quinta-feira (19/01/2017), próximo à Ilha Rasa, no litoral de Paraty, Rio de Janeiro.

Teori Albino Zavascki atuou como magistrado de carreira e professor. Era ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) desde 29 de novembro de 2012, tendo sido nomeado pela presidente Dilma Rousseff. Ele morreu em acidente de avião, na quinta-feira (19/01/2017), próximo à Ilha Rasa, no litoral de Paraty, Rio de Janeiro.

O advogado Francisco Zavascki disse que não cogita, no momento, que uma sabotagem tenha sido a causa do acidente que matou o pai dele, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki. O ministro foi uma das vítimas da queda de um avião em Paraty, litoral sul do Rio de Janeiro, no final da tarde de hoje (19/01/2017).

No ano passado, Francisco chegou a publicar um texto nas redes sociais afirmando temer que algo acontecesse ao pai, que era relator da Operação Lava Jato no STF. “Eu realmente temia, mas agora isso não está passando pela cabeça de ninguém. Acho que fatalidades acontecem. Paraty, chuva. O avião arremeteu, e é isso aí. Deu zebra”, afirmou.

Em conversa por telefone com a Agência Brasil, o advogado contou que ficou sabendo da tragédia por meio do grupo da família no aplicativo de mensagens WhatsApp. “O meu cunhado perguntou se o pai estava em Paraty, porque havia caído um avião. Ficamos assustados e começamos a correr atrás da informação, até que confirmamos que o pai estava no vôo. Esperamos por um milagre mas ele não aconteceu”, relatou Francisco.

O filho do ministro disse que não está em condições psicológicas de acompanhar a comoção nacional causada pela tragédia, mas ressaltou que o Brasil perdeu um grande juiz. “Uma pessoa que não tem medo, uma pessoa que tem postura de juiz. Infelizmente, abre-se um hiato muito perigoso agora”, completou, referindo-se aos processos da Operação Lava Jato que estavam sob responsabilidade do pai.

Segundo Francisco Zavascki, o desejo da família é que o corpo do ministro seja transportado o mais cedo possível a Porto Alegre, para que velório e enterro sejam realizados na capital gaúcha.

Velório de Teori Zavascki deve ser em Porto Alegre

O velório do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, morto hoje (19) em um acidente aéreo em Paraty (RJ), deve ser realizado em Porto Alegre. Segundo assessores próximos da presidente do STF, Cármen Lúcia, a ministra informou que irá respeitar a vontade da família para que a cerimônia ocorra na capital gaúcha e não na sede do Supremo, em Brasília.

Catarinense, Teori construiu sua carreira jurídica e tinha casa em Porto Alegre.

Cármen Lúcia estava em Belo Horizonte quando foi informada sobre a morte de Teori e deve voltar a Brasília ainda hoje em avião da Força Aérea Brasileira.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki morreu em acidente aéreo em ParatyArquivo/Marcelo Camargo/Agência Brasil
O diretor-geral do STF, Eduardo Toledo, está a caminho de Paraty para acompanhar as providências relativas à liberação do corpo de Teori Zavascki para o velório. Mais duas vítimas do acidente foram localizadas nos destroços da aeronave, mas há dificuldades para remoção dos corpos por causa do mau tempo na região.

Cármen Lúcia foi informada sobre a queda do avião em que Teori estava por volta das 15h por um dos assessores mais próximos do ministro, o juiz auxiliar Márcio Schiefler Fontes. Em seguida, a magistrada telefonou para o presidente Michel Temer.

Schiefler Fontes era o braço direito do ministro Teori Zavascki e principal responsável pelas investigações da Lava Jato na ausência do relator. Por volta das 18h, o juiz entrou no gabinete de Teori sem falar com jornalistas. Os funcionários do gabinete que passavam pelo corredor apresentavam intenso abatimento. O socorro médico do STF chegou a ser acionado e um plantonista entrou no local.

Segundo assessores próximos à ministra Cármen Lúcia, apesar de sóbria, a presidente está bastante abalada com a confirmação da morte de Teori, um dos colegas do qual era mais próxima. Os dois se falavam diversas vezes ao dia e mantinham uma relação de amigos, segundo pessoas que trabalham nos gabinetes dos ministros.

Leia +

Nome do ministro Teori Zavascki está em lista de passageiros de avião que caiu em Paraty; ministro é responsável, no STF, pelo Caso Lava Jato

Morre em acidente aéreo Teori Albino Zavascki; ministro era relator do Caso Lava Jato

Relator da Lava Jato no STF, Teori Zavascki morre aos 68 anos

Bombeiros localizam três corpos dentro do avião que caiu em Paraty; ministro Teori

Dono do hotel Emiliano é um dos mortos no acidente aéreo em Paraty

Filho de Teori Zavascki descarta sabotagem em acidente aéreo que matou pai

Senadores lamentam morte do ministro Teori Zavaschi e elogiam sobriedade e equilíbrio do ministro

Magistrados, políticos e setores representativos da sociedade emitem nota de condolência pela morte do Teori Albino Zavascki

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]