Executivos da Construtora Camargo Corrêa negociam delação com a força-tarefa do Caso Lava Jato; acordo pode atingir cerca de 200 políticos e servidores envolvidos em atos de corrupção

Reportagem da revista Veja aborda delação da Construtora Camargo Corrêa.

Reportagem da revista Veja aborda delação da Construtora Camargo Corrêa.

Reportagem exclusiva de Daniel Pereira, publicada na revista Veja de sexta-feira (13/01/2017), reveja que 40 funcionários da Camargo Corrêa vão se tornar delatores, e devem apontar nomes de cerca de 200 políticos e servidores públicos passíveis de investigação pela força-tarefa do Caso Lava Jato.

Segundo a reportagem, os advogados da Camargo Corrêa estão negociando com a Procuradoria-Geral da República um segundo conjunto de delações de executivos da empresa. O número de colaboradores pode chegar a quarenta, incluindo acionistas da empresa. Nesses casos, é comum que os delatores queiram contar o mínimo necessário, enquanto os investigadores querem reunir o máximo de informações. “Apelidada de “recall da Camargo Corrêa”, a mais nova megadelação está sendo tocada tanto em Curitiba quanto em Brasília, o que significa que autoridades com prerrogativa de foro serão citadas”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]