Plenário da Câmara dos Deputados aprova indicação de Maria Tereza Uille para vaga no CNJ

Juiz Rosalvo Viera, Maria Tereza Uille, indicada para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pela Câmara dos Deputados; advogado Aldovandro Fragoso Modesto, Conselheiro do Ministério da Justiça; e Baltazar Miranda Saraiva, desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, durante encontro em Brasília.

Juiz Rosalvo Viera; Maria Tereza Uille, indicada para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pela Câmara dos Deputados; advogado Aldovandro Fragoso Modesto, Conselheiro do Ministério da Justiça; e Baltazar Miranda Saraiva, desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, durante encontro em Brasília.

O Plenário da Câmara dos Deputados elegeu, nesta quinta-feira (15/12/2016), por 141 votos, Maria Tereza Uille, procuradora de Justiça aposentada, para uma vaga no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Ela concorreu com outros seis candidatos. A indicação segue para análise dos senadores.

O CNJ tem 15 integrantes e é responsável por processos administrativos referentes aos juízes e à Justiça. Elabora metas de julgamento para o Poder Judiciário, realiza convênios e analisa reclamações sobre a conduta de magistrados, além de rever processos disciplinares. O CNJ é comandado pela presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia.

Perfil

Ex-procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná, Uille ingressou na instituição em 1987. É doutora em sociologia pela Universidade Federal do Paraná e autora do livro “Direito Humano à Educação e Políticas Públicas”.

Foi a primeira mulher eleita presidente da Associação do Ministério Público do Paraná e a primeira mulher eleita Procuradora-Geral de Justiça no estado. Também foi secretária de Justiça do Paraná e presidente do Conselho Nacional de Secretários de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

É integrante do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária do Ministério da Justiça.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).