PCdoB é contra o aumento de salário de prefeito e vereadores de Salvador

Diante da possibilidade da Câmara Municipal votar o aumento salarial do prefeito e vereadores de Salvador, o PCdoB vem a público se posicionar contrário ao reajuste. Diante de um cenário de crise econômica, onde a própria prefeitura adota um discurso de austeridade e nega o reajuste de servidores, é inadmissível que se conceda aumento salarial para o prefeito e vereadores, que já ganham bem acima da média dos trabalhadores.

Para a vereadora Aladilce (PCdoB), caso o projeto de reajuste seja aprovado, a Câmara corre o risco de perder ainda mais a confiança da população. “Vivemos um momento de profunda crise política, onde cada vez mais os cidadãos mostram o descrédito pelas instituições e seus representantes. Conceder um aumento para o prefeito e vereadores seria se distanciar ainda mais da vontade do povo”, afirmou Aladilce.

Para a vereadora, é preocupante que se aprove o reajuste justo no momento em que o Congresso Nacional acabou de aprovar a PEC 55 que irá cortar investimentos públicos. De acordo com Aladilce, o prefeito ACM Neto e sua base na Câmara, aliados do governo Temer no nível nacional, deveriam reconsiderar o aumento salarial, sobretudo depois que seus aliados políticos aprovaram o Teto dos Gastos no Senado. “Depois de aprovar cortes em serviços públicos, como na área da saúde e educação, os aliados de ACM Neto em Salvador deveriam pensar duas vezes antes de votar o aumento salarial do prefeito e dos próprios vereadores”, concluiu Aladilce.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]