Governo Rui Costa entrega equipamentos para lavanderias comunitárias de Salvador

Governo Rui Costa entrega equipamento para lavanderias comunitárias, na Lavanderia Santa Luzia, no Engenho velho de Brotas, em Salvador.

Governo Rui Costa entrega equipamento para lavanderias comunitárias, na Lavanderia Santa Luzia, no Engenho velho de Brotas, em Salvador.

O trabalho manual desenvolvido por lavadeiras passa a ter o apoio da tecnologia. Cinco lavanderias comunitárias da capital baiana, que chegam a lavar diariamente trezentas peças de roupas, receberam da gestão estadual máquinas de lavar, refrigeradores e material gráfico de divulgação, na manhã desta terça-feira (27/12/2016), na sede da lavanderia Santa Luzia, no Engenho Velho de Brotas. Ao todo, setenta lavadeiras foram beneficiadas com o incentivo ao desenvolvimento social e econômico.

“A maioria de nós cresceu lavando roupa, sustentou a família com a renda obtida através do nosso trabalho. Mas a idade vai chegando e a quantidade de peças de roupa vai aumentando. Os equipamentos são muito importantes para a gente manter a qualidade e aumentar a rapidez, com mais qualidade de vida”, afirmou a lavadeira Edelzuíta Silva Santos.

Das oito lavanderias comunitárias que funcionam em Salvador, a Aristides Novis (Dique do Tororó), Cardeal da Silva (Cosme de Farias), Julieta Calmon (Boca do Rio), Nossa Senhora de Fátima (Alto das Pombas) e Santa Luzia (Engenho Velho de Brotas) foram as contempladas. As três restantes serão beneficiadas com o próprio lote de equipamentos, que incluem secadoras de roupas a gás e bebedouros.

Adquiridos com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), os equipamentos fazem parte do projeto Lavadeiras Ampliando Horizontes, uma iniciativa da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), em parceria com as secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e de Política para Mulheres (SPM).

“São mulheres chefes de família que sempre ganharam a vida com braços firmes. Os equipamentos foram entregues para melhorar o trabalho e proporcionar mudança social. Minha mãe foi lavadeira e me deu a oportunidade de estudar e crescer na vida. Todas elas podem seguir outros caminhos de crescimento”, destaca a secretária de Política para Mulheres, Olívia Santana.

Marli Barreto é uma das veteranas da lavanderia do Engenho Velho da Federação. Aprendeu o ofício com a mãe, e desde então passou a utilizar a habilidade para juntar dinheiro e investir na educação de João Victor, seu único filho. “Meu filho estuda em escola particular. Ele é o único filho de lavadeira lá. Mas quem disse que apenas filhos de médicos e advogados podem estudar em escola boa? Quero que ele seja um homem de bem e cresça na vida”, afirma Marli.

Para João Victor, a garra da mãe inspira a acreditar em um futuro grandioso. “Represento a minha escola em modalidades esportivas e quero ser atleta. Tenho muito orgulho de minha mãe. Ela, sem dúvida, é uma inspiração para mim. Olhando para ela vejo que posso chegar onde quiser”, destacou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]