Governador Rui Costa descarta extinção da CERB e privatização da Embasa

Durante reunião, Governador Rui Costa descarta extinção da CERB e privatização da Embasa.

Durante reunião, Governador Rui Costa descarta extinção da CERB e privatização da Embasa.

O governador Rui Costa (PT) descartou, ontem (15/12/2016), em reunião com os deputados estaduais Joseildo Ramos (PT), Marcelo Nilo (PSL) e diretores do Sindicato dos Trabalhadores de Água, Esgoto da Bahia (Sindae), a possibilidade de extinção da CERB e privatização da Embasa. Além de pedir um estudo para reestruturar a CERB, Rui Costa assegurou que os trabalhadores da companhia e da Embasa terão assento de representação no Conselho dos dois órgãos. Rui anunciou também a revogação do corte de salário dos trabalhadores que participaram da greve na CERB.

Na Assembleia, a posição do governador foi comemorada pelos trabalhadores do setor, pesquisadores e lideranças políticas que participaram hoje de Audiência Pública para discutir a situação do saneamento no estado. O evento convocado pelos deputados petistas Joseildo Ramos e Marcelino Galo lotou o auditório Jorge Calmon e contou com a participação de representantes do Ministério Público, do Governo da Bahia, da Universidade Federal da Bahia, do Sindae, do Observatório de Saneamento e de outras entidades da sociedade civil organizada.

Joseildo ressaltou a mobilização dos trabalhadores na Audiência e comemorou os avanços anunciados pelo governador. “Acredito que foi uma grande vitória, fruto da mobilização de todos e a forte presença das pessoas nessa audiência mostrou isso. O governador demonstrou interesse em ouvir e assim vamos fazer uma CERB e uma Embasa ainda mais forte para servir aos baianos”, destacou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]