Feira de Santana: cartas para Papai Noel dos alunos foram adotadas e sonho de natal realizado

Secretaria da Educação de Feira de Santana promove campanha 'Sonho de Natal'.

Secretaria da Educação de Feira de Santana promove campanha ‘Sonho de Natal’.

O sonho de um Natal mais singelo foi realizado para muitas crianças da Rede Municipal de Ensino de Feira de Santana. A ludicidade e a magia desta época do ano foram aliadas às atividades pedagógicas das escolas municipais através das “cartinhas” enviadas ao Papai Noel. A importância da leitura e da escrita foi destacada durante o desenvolvimento das atividades, que também tiveram como objetivo garantir um fim de ano mais prazeroso para as crianças.

As cartas tiveram diversos destinos: algumas escolas optaram por se cadastrarem na campanha realizada pelos Correios, na qual pessoas de toda a cidade podem adotar uma carta; outras contaram com o apoio de professores, funcionários, parceiros e da comunidade de modo geral para realizar o desejo dos estudantes.

“A produção das cartas foi uma atividade a mais no suporte da leitura e da escrita pelas crianças. Elas se dedicaram muito ao produzir cartas bonitas e bem escritas”, explica a professora Liranne Lins Braga Santiago, vice-diretora do Centro Integrado de Educação Municipal Professor Joselito Amorim, que fica no centro. “Buscamos reforçar o brilho e a magia do Natal. Contamos com o apoio dos professores para garantirmos os presentes”, relata.

No Joselito Amorim, uma presença ainda mais especial: o Papai Noel foi responsável por entregar os presentes ao som do coral da escola que integra o Programa Música na Escola. Mais de 100 crianças do 1º e 2º ano ganharam presentes. “Queríamos manter o imaginário das crianças, promover um momento lúdico para elas. Fizemos questão da figura do Papai Noel”, conta Liranne.

Participando da iniciativa através dos Correios, os mais de 500 alunos da Escola Municipal Professor José Raimundo Pereira de Azevedo, o antigo Caic, localizada no Feira VII, ficaram ansiosos pelo Natal durante todo o ano. “Eu ganhei o que pedi ano passado e fiquei muito emocionada. Acho muito bom a gente poder participar, pois muitas crianças não têm condições de ganhar presentes, e isso faz todo mundo feliz”, diz a aluna do 3º ano, Dianine Bastos.

A função social das cartas e seus principais elementos foram abordados na Escola Municipal Antonio Antunes dos Santos, do distrito de Humildes. A unidade de ensino incentivou a atividade pela primeira fez e envolveu mais de 200 estudantes do grupo 4 ao 5º ano. “Focamos bastante em fortalecer a escrita das crianças. Professores, funcionários e os familiares da comunidade escolar se dispuseram a ajudar adotando as cartinhas”, conta a coordenadora pedagógica da escola, Cristiane Anselmo Evangelista Soares.

Os parentes e amigos dos funcionários da Escola Municipal Deocleciano Martins da Silva, localizada no distrito de Maria Quitéria, colaboraram adotando as cartas de alunos do grupo 3 ao 5º ano.

A Escola Municipal Maria Antonia da Costa, do bairro Santa Mônica, utilizou as cartinhas como suporte nas aulas de português do 4º ano. Os 25 alunos aprenderam sobre regras gramaticais e produção de redações através dos pedidos feitos ao Papai Noel.

“Nosso principal objetivo foi intensificar a leitura e a escrita entre os alunos, os presentes serão algo que eles nem sequer estão esperando realmente ganhar”, relata a professora da turma, Gildete Suzart Bullos. “Muitos disseram não acreditar em Papai Noel, mas lembramos da importância de manter a magia viva para eles e para outras crianças”, defende.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]