Deputado Carlos Geilson lamenta morte do radialista Paulino Cerqueira

Paulino Cerqueira, conhecido por Papito ou Merrinho, atuou por décadas no setor de comunicação de São Gonçalo dos Campos.

Paulino Cerqueira, conhecido por Papito ou Merrinho, atuou por décadas no setor de comunicação de São Gonçalo dos Campos.

“Uma das vozes mais marcantes da região de São Gonçalo dos Campos se calou. Paulino Cerqueira, que era também conhecido no meio radiofônico como Papito ou Merrinho, levou muita alegria e informação para os seus ouvintes através das ondas de rádio”. Assim o deputado Carlos Geilson inciou sua moção de pesar pelo passamento do companheiro de profissão, ocorrida no dia 12.

Paulino Cerqueira, profissional criativo, de voz firme, trabalhou em várias emissoras de rádio, a exemplo da Rádio São Gonçalo e da extinta Rádio Escola, em São Gonçalo dos Campos; Rádio Subaé, Rádio Carioca e Rádio Sociedade, em Feira de Santana; e Rádio Voz, em Muritiba.

Cerqueira foi acometido em 2013 por um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e atualmente residia no município de Governador Mangabeira. Além disso, era diabético. Ele estava internado desde o último dia 8, no Hospital Regional Clériston Andrade, em Feira de Santana, e respirava com a ajuda de aparelhos. Para tristeza de todos, o profissional teve complicações respiratórias e faleceu.

Carlos Geilson afirma na moção que “nesta data de grande perda, a Assembleia Legislativa da Bahia lamenta profundamente a morte de Paulino Cerqueira, um homem de grande importância para a comunicação no interior baiano e que deixou sua marca nas ondas do rádio.” Ele concluiu pedido que seja dada ciência da presente moção à família de Paulino Cerqueira através do também radialista Berinaldo Cazumbá.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]