Centro Comercial Popular de Feira de Santana passa por ajustes, empreendimento terá apenas um pavimento e artesanato ganha área exclusiva

Vista aérea do Centro de Abastecimento de Feira de Santana. Parte da atual estrutura do Centro de Abastecimento será utilizada para implantar o Centro Comercial Popular.

Vista aérea do Centro de Abastecimento de Feira de Santana. Parte da atual estrutura do Centro de Abastecimento será utilizada para implantar o Centro Comercial Popular.

O projeto do Centro Comercial Popular, iniciativa da Prefeitura de Feira de Santana em Parceria Público-Privada para o ordenamento da atividade econômica informal na cidade, passa por uma importante adaptação. O equipamento, que vai ser erguido nas imediações do Centro de Abastecimento, terá uma nova concepção arquitetônica, com um pavimento, em vez de dois, como inicialmente previsto.

A proposta foi apresentada recentemente através dos dirigentes da empresa selecionada para a Parceria Público-Privada responsável pelo investimento. A reunião foi com o prefeito José Ronaldo e secretários Antonio Carlos Borges Júnior (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico) e Carlos Brito (Planejamento). Eles receberam o projeto básico com as alterações. A previsão de apresentação do projeto executivo é para fevereiro do ano que vem.

O entreposto comercial faz parte de uma ampla ação de reordenamento do centro da cidade, denominada Pacto de Feira. Seu objetivo é abrigar os camelôs, que atuam em segmentos como confecções, bolsas, calçados, relógios, eletrônicos, utilidades, etc, há vários anos ocupando com barracas áreas  das ruas Marechal Deodoro e Sales Barbosa, avenidas Senhor dos Passos e Getúlio Vargas, entre outros locais. O prefeito José Ronaldo assegurou ser esse projeto uma das maiores prioridades de sua nova gestão, que se inicia dia primeiro de janeiro.

Horizontalizado em sua nova versão, o projeto do Centro Comercial Popular passa a contar com estacionamento no teto, que se tornará uma área multiuso, inclusive para sediar eventos diversos. Ocupará uma área bem maior que a estimada no projeto anterior e também terá uma proximidade maior com o Centro de Abastecimento, o que será positivo para os dois empreendimentos.

Outra modificação relevante no projeto diz respeito a área de artesanato. Os comerciantes que atuam nesse segmento, em instalações do Centro de Abastecimento, vão ser acomodados em uma área do próprio Centro Comercial Popular. A medida deve encerrar uma insatisfação que havia no setor, já que no projeto anterior eles seriam transferidos para um outro prédio próximo dali.

Com a alteração providenciada pelo Governo Municipal, o artesanato vai estar diretamente conectado tanto com o Centro Comercial Popular quanto com o Centro de Abastecimento, o que poderá proporcionar a revitalização da atividade, já que terá uma visibilidade muito maior.

Prefeito sugeriu a mudança

A determinação de modificar o projeto do Centro Comercial Popular partiu do prefeito José Ronaldo. “Terminou sendo bom que a gente retardasse um pouco a execução desse projeto, que é um dos maiores de toda a história do município. Assim, pudemos amadurecer algumas coisas, verificar alternativas melhores, buscar uma maior satisfação dos feirenses envolvidos nas diversas atividades. Afinal, atender a necessidade dessas pessoas é o nosso grande e principal objetivo”, afirma o gestor.

Os ajustes que estão sendo feitos no projeto, assinala o prefeito, demonstram a vontade do Governo Municipal de querer acertar e atingir ao máximo as expectativas de comerciantes e da população. “Temos humildade suficiente para entender as reivindicações e buscar contempla-las. Isso está evidenciado na atitude da administração, ao promover mudanças significativas na proposta, aproximando-a ainda mais da nossa realidade”.

Leia +

Centro Comercial Popular de Feira de Santana passa por ajustes, empreendimento terá apenas um pavimento e artesanato ganha área exclusiva

Centro Comercial Popular de Feira de Santana: IPAC não vê “óbice para readequação do espaço”, comenta prefeito José Ronaldo

Centro Comercial Popular de Feira de Santana fica “ainda mais imponente” e é integrado ao Centro de Abastecimento, avalia secretário Antonio Carlos Borges Júnior

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]