CCR coloca em operação as estações Acesso Norte 2, Detran, e Rodoviária do Sistema Metroviário Salvador – Lauro de Freitas

O trecho das estações Acesso Norte 2, Detran, e Rodoviária possui 2,2 km e é percorrido em pouco mais de três minutos.

O trecho das estações Acesso Norte 2, Detran, e Rodoviária possui 2,2 km e é percorrido em pouco mais de três minutos.

Governador Rui Costa acompanha o início de operação de 3 estações do metrô.

Governador Rui Costa acompanha o início de operação de 3 estações do metrô.

O governador Rui Costa e o presidente da CCR Metrô Bahia, Luis Valença, acompanharam nesta segunda-feira (05/12/2016) o início da operação das estações Acesso Norte 2, Detran, e Rodoviária: as três primeiras estações da Linha 2 do metrô inauguradas pelo governo do Estado. O trecho possui 2,2 km e pode ser percorrido em pouco mais de três minutos. A visita também contou com a participação do senador Otto Alencar.

Essas estações começam a receber passageiros menos de dois anos após a ordem de serviço dada pelo governo do Estado para início das obras na Linha 2, em fevereiro de 2015. Os serviços nessa linha estão com mais de 80% de avanço físico rumo ao Aeroporto, com previsão de operação completa até final de 2017.

A Linha 2 tem o mesmo horário de funcionamento da Linha 1, das 5h à meia-noite, inclusive em feriados e nos finais de semana, com cobrança da tarifa de R$ 3,30. No metrô, o usuário pode utilizar o cartão da CCR Metrô Bahia, SalvadorCard e Metropasse.

“2016 é um marco histórico para a mobilidade de Salvador, ano em que concluímos a Linha 1 do metrô e estamos iniciando a operação da linha 2. Esse trabalho representa um grande esforço que vem sendo feito pelo governo para dotar Salvador de um dos mais modernos e eficientes sistemas de transporte de massa”, comentou o governador Rui Costa.

Agora, já é possível chegar de metrô da Lapa ao Iguatemi em 14 minutos fazendo a integração entre as linhas 1 e 2 no Acesso Norte, sem pagar mais por isso. Já a viagem entre Pirajá e Rodoviária dura, aproximadamente, 13 minutos.

“Quando chegamos em 2013, havia 6 km de metrô e quatro estações sem uso. Desde então, revitalizamos os trens e sistemas, colocamos para operar em 2014, dobramos a extensão da Linha 1, iniciamos sua operação comercial no início de 2016 e chegamos agora numa região pulsante de Salvador, o Iguatemi, com seus grandes empreendimentos comerciais e empresariais e trânsito intenso”, afirma o diretor presidente da CCR Metrô Bahia, Luis Valença.

“Além disso, já temos mais de 80% das obras das estações concluídas na Linha 2, em menos de dois anos. Nosso foco é a excelência no padrão de execução do projeto com o objetivo de prestar um serviço de transporte de qualidade ao longo de todo o período de concessão”, concluiu Valença.

Novas estações – As estações Acesso Norte 2, Detran e Rodoviária atendem aos bairros de Luiz Anselmo, Vila Laura, Pernambués, Cabula, Retiro, Cidade Nova, Pau Miúdo, Saramandaia, Brotas, e Caminho das Árvores, alcançando cerca de 150 mil pessoas.

As estações exigiram um planejamento minucioso de cada etapa, por se localizarem em áreas de grande movimentação, trânsito intenso e com a presença de grandes empreendimentos comerciais e empresariais, permitindo seu avanço com impactos mínimos à rotina do entorno, mantendo a segurança e a mobilidade dos cidadãos.

As três estações possuem bicicletário com capacidade para até 100 equipamentos, elevador, escada rolante e escada fixa, totalmente acessíveis; sanitários feminino e masculino e também sanitários feminino e masculino para pessoas com deficiência; sala de primeiros socorros, circuito fechado de TV, integrado em tempo real à Sala de Supervisão Operacional da Estação e ao Centro de Controle Operacional.

Possuem, ainda, aproveitamento máximo de luz natural durante o dia; reservatório de retenção de águas de chuva para aproveitamento nos sanitários; iluminação em LED. Nas fachadas, foram utilizados brises para garantir a circulação natural de ar no ambiente.

A estação Acesso Norte tem área de 7.000 metros quadrados, a Detran 9.450 m², e a Rodoviária 7.700 m². Para efeito de comparação, as estações-típicas no canteiro da Avenida Paralela têm, todas, em média, 3.500 m². Embora os tamanhos sejam distintos, todas têm o mesmo comprimento de plataforma, atendem às regras de acessibilidade e oferecem o mesmo padrão de conforto aos usuários.

O complexo de integração entre as Linhas 1 e 2 do metrô, no Acesso Norte, conta ainda com um terminal rodoviário, com quatro plataformas de embarque, 18 baias para ônibus e está preparado para receber 70 mil passageiros por dia. Já estão integradas ao metrô 253 linhas de ônibus urbanas e outras 19 metropolitanas.

As estações Detran e Rodoviária receberão novas passarelas de acesso com piso tátil, câmeras de monitoramento, largura e comprimento adequados às novas regras de acessibilidade, para atender, com segurança e conforto, a demanda de passageiros da região. Inicialmente, as estações serão abertas com passarelas adaptadas. A previsão é finalizar as novas passarelas até julho de 2017.

As cores das estações foram escolhidas a partir de pesquisa realizada na Bahia tendo como base aquelas predominantes em Salvador: o céu azul e o verde azulado do mar e a variedade de tons entre vermelho e amarelo de suas frutas (mangaba, caju, manga, cajá, cacau) e das comidas típicas (acarajé e vatapá), além do azeite de dendê.

Maior obra de mobilidade urbana em execução no Brasil – As obras das estações da Linha 2 estão com mais de 80% de avanço físico rumo ao Aeroporto, com previsão de operação completa até final de 2017. Entre Pernambués e Mussurunga, as estações recebem instalações hidráulicas, elétricas, fechamento lateral com brises, montagem dos equipamentos das salas técnicas, entre outros.

Em todo o trecho também estão sendo instalados os trilhos. Na região onde será erguida a Estação Aeroporto foram iniciados os trabalhos de fundação. Cerca de 7,5 mil operários trabalham nas obras da Linha 2.

O trecho entre Rodoviária e Pituaçu tem previsão de operação com passageiros até julho de 2017. Na região entre a Rodoviária e Pernambués os trabalhos são intensos na via exclusiva dos ônibus para a construção da Via Expressa que vai permitir desafogar o trânsito até o Viaduto Raul Seixas.

Quando concluída até o Aeroporto, a Linha 2 do metrô terá 20 km e 12 estações. O projeto prevê ainda a expansão até Lauro de Freitas, completando 23 km e 13 estações. O Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, assim que finalizado com as extensões das linhas 1 e 2, será o terceiro maior do país, com 41 km, 23 estações e 10 terminais de ônibus integrados.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]