Caso Veritas: a denúncia do vereador David Neto que constrangeu a Câmara Municipal de Feira de Santana e lançou suspeição sobre repasse de salários dos cooperados do município

Caso Veritas faz menção a expressão latina ‘vincit omnia veritas’, a verdade vence todas as coisas.

Caso Veritas faz menção a expressão latina ‘vincit omnia veritas’, a verdade vence todas as coisas.

Na manhã de segunda-feira (05/12/2016), após denúncia no plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana, realizada pelo líder do governo vereador José Carneiro (PSDB), sobre indício de fraude envolvendo a publicação do edital do Sindicato dos Trabalhadores Cooperantes em Cooperativas de Trabalho no Setor Administrativo do Estado da Bahia (SINTRACEBA) convocando assembleia com a finalidade de obrigar cooperados a se sindicalizar, o vereador David Neto (DEM), em aparte, afirmou que vereadores participavam do esquema.

Na sequência, David Neto delatou a existência de repasse de parte dos salários recebidos pelos servidores do Poder Legislativo para edis e que trabalhadores cooperados do legislativo e do executivo repassavam, também, parte dos salários para os vereadores.

Indignado com as denúncias, o presidente do legislativo, Reinaldo Miranda (Ronny, PHS), disse que iria tomar providências no intuito de investigar as denúncias do vereador.

As denúncias de David Neto atingem os Poderes Legislativo e Executivo de Feira de Santana. Observando que vereadores indicam pessoas para atuar no município através de contratos de cooperativas.

O Caso

O Jornal Grande Bahia denominou as denúncias apresentadas pelo vereador David Neto como Caso Veritas, em menção a expressão latina ‘vincit omnia veritas’, a verdade vence todas as coisas.

Leia +

Vereador de Feira de Santana destaca ilegalidade em edital do Sintraceba em que cooperados são obrigados a se sindicalizar

Confira vídeo

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]