Caso La Vue: em conversa gravada, presidente Michel Temer disse a Marcelo Calero ter sido ‘inconveniente’

Ex-ministro Geddel Vieira Lima é suspeito de praticar advocacia administrativa.

Ex-ministro Geddel Vieira Lima é suspeito de praticar advocacia administrativa.

Em conversa gravada, o presidente Michel Temer disse ter sido “inconveniente” com o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero ao insistir para que ele permanecesse no cargo.

A transcrição da conversa entre Temer e Calero, ocorrida no último dia 18, foi divulgada nesta terça-feira (29/11/2016) pela Globonews.

“Quero pedir minha demissão e quero que o sr. aceite, por gentileza, porque eu não me vejo mais com… condições e espaço de estar no governo”, disse Calero.

Temer afirmou: “se é sua decisão, tem que respeitar. Ontem, acho que até fui um pouco inconveniente, né? Insistindo muito para você… para você permanecer. Confesso que não vejo razão pra isso, mas você terá as suas razões.”

As conversas foram gravadas pelo próprio Calero e entregues à Polícia Federal. Temer reclamou publicamente sobre o fato de ter sido gravado.

Não há menção direta ao caso do prédio embargado pelo Iphan, em Salvador, em que o ex-ministro Geddel Vieira Lima havia comprado um apartamento.

Outro diálogo

No entanto, em outra conversa divulgada pela Globonews, o subchefe para assuntos jurídicos da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha, fala com Calero sobre essa situação.

Rocha diz que vai dar entrada “com pedido protocolar” e que vai ingressar com “recurso lá no Iphan”.

“Eu até falei com o presidente, Gustavo, eu não quero me meter com essa história, não”, disse o então ministro.

O subchefe diz: “O que ele [Temer] me falou pra falar era: ‘veja se ele encaminha, e não precisa fazer nada, encaminha pra AGU.'”

Em nota, Rocha, principal assessor jurídico da Presidência, afirmou que na ocasião apenas “disse que iria encaminhar recurso ao Iphan, de autoria de outro advogado, que fora deixado equivocadamente” em seu gabinete.

“O ministro havia dito que não tomaria nenhuma decisão, mesmo tendo competência para isso. Por isso, usei a expressão ‘dando entrada’. Contudo, jamais se deu seguimento a tal ação, já que o recurso foi devolvido a seu autor.”

O subchefe já havia afirmado que tomou a iniciativa porque a AGU é competente para “dirimir conflitos” entre órgãos. Negou, porém, ter sido o “articulador de movimentações” para resolver o problema de Geddel.

As conversas, de acordo com a Globonews

[Calero] Oi, presidente

[Temer] Oi, Marcelo. Tudo bem, Calero?

[Calero] Como vai o senhor, tudo bem?

[Temer] Bem, graças a Deus.

[Calero] Maravilha

[Temer] Tô aqui por São Paulo hoje.

[Calero] Maravilha, presidente.

[Temer] Então

[Calero] Eu fiz uma reflexão muito grande de ontem para hoje e agradeço…

[Temer] Pois não

[Calero] Muito por o senhor ter insistido. Quero pedir a minha demissão e quero que o senhor aceite por gentileza. Porque não me vejo mais com condições e espaço de estar no governo.

[Temer] Interessante. Tudo bem. Se é a sua decisão, Calero, tem que respeitar. Ontem até acho que fui um pouco inconveniente, insistindo muito para você permanecer. Confesso que não vejo razão para isso. Mas você terá as suas razões.

[Calero] Sem dúvida

Conversa com Gustavo do Vale Rocha

[Gustavo do Vale Rocha] Eu tô te ligando que eu tô dando entrada lá com um pedido protocolar. Então, vou protocolar o recurso lá no Iphan.

[Calero] Tá

[Rocha] Vou protocolar uma cópia aí.

[Calero] Tá. Mas eu até falei com o presidente, Gustavo, eu não quero me meter nessa história, não.

[Rocha] É. O que ele me falou para falar era: ‘veja se ele encaminha e não precisa fazer nada’. Encaminha para a AGU. Falou isso comigo ontem, né. Aí eu falei, não, eu falo isso com ele.

[Calero] Bom, tá, eu vou, eu vou fazer uma reflexão aqui, Gustavo.

*Com informações do Jornal Folha de São Paulo.

Outras publicações

Dilma pede à comunidade internacional que respeite e valorize os países do Brics A presidenta Dilma Rousseff apelou hoje (29/03/2012) para que a comunidade internacional passe a respeitar e a valorizar mais os países que integram o...
Desonerações de impostos federais impactam repasse a município, decide STF Sessão plenária do STF. Segundo o relator, o poder de arrecadar atribuído à União implica também o poder de isentar. O Supremo Tribunal Federal (STF...
Eleições 2016 – Vitória da Conquista: Herzem Gusmão encerra ciclo de 20 anos do PT no poder Deputado Herzem Gusmão é eleito prefeito de Vitória da Conquista. O radialista e deputado estadual Herzem Gusmão (PMDB) foi eleito prefeito de Vitór...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br