TRT5-BA vai beneficiar 480 mil pessoas com inauguração de fórum em Conceição do Coité

Tribunal Regional do Trabalho da Bahia inaugura Fórum Maria Nunes da Silva Lisboa, em Conceição do Coité.

Tribunal Regional do Trabalho da Bahia inaugura Fórum Maria Nunes da Silva Lisboa, em Conceição do Coité.

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA), desembargadora Maria Adna Aguiar, vai beneficiar uma população de aproximadamente 480 mil pessoas (IBGE/2016). Ela inaugura no próximo dia 8 de novembro de 2016, às 13 horas, o Fórum Maria Nunes da Silva Lisboa (Praça Theógenes Calixto, ao lado da Câmara Municipal), nova sede da Vara do Trabalho de Conceição do Coité, unidade que recepciona o maior número de processos trabalhistas em toda a Bahia. Somente no último triênio foram 2.934 novas ações, em média, a cada ano naquela jurisdição.

A nova sede será erguida por meio de um convênio firmado entre o TRT5 e a Caixa Econômica Federal, que repassou R$ 1,8 milhão, tendo como contrapartida a exclusividade como instituição bancária no Fórum da Justiça do Trabalho na capital. A área construída é de 1.068m², com uma planta padrão, que disponibiliza amplas salas, acessibilidade, interligação direta entre os vários ambientes e aproveitamento da luz natural. Em Coité haverá também o recolhimento de água de chuva para uso em diversas atividades.

A VARA

A Vara do Trabalho de Conceição do Coité foi criada em setembro de 1978 e já esteve instalada em diversos imóveis da cidade, em virtude da falta do prédio próprio. Em janeiro de 2014, a Câmara de Vereadores oficializou a doação do lote de 2.117m² à Justiça do Trabalho da Bahia para a construção do fórum trabalhista (Lei Municipal nº 703/2014).
A jurisdição da Vara de Coité inclui, além do município-sede, os de Araci, Biritinga, Candeal, Capela do Alto Alegre, Gavião, Ichu, Nova Fátima, Pé de Serra, Pintadas, Queimadas, Retirolândia, Riachão do Jacuípe, Santaluz, São Domingos, Serrinha, Teofilândia, Valente e Barrocas.

HOMENAGEADA

Maria Nunes da Silva Lisboa foi a primeira juíza concursada do Brasil e a pioneira no exercício da magistratura no TRT5. Nasceu em 30 de setembro de 1935, na cidade de Inhambupe, e assumiu o cargo em novembro de 1967. Conhecida por sua atuação marcante, foi promovida, por merecimento, a juíza presidente de Junta de Conciliação e Julgamento em março de 1973.

A sua promoção a desembargadora se deu por antiguidade em janeiro de 2000. Após a sua aposentadoria em setembro de 2005, Dra. Marietinha, como era carinhosamente chamada, manteve-se bastante atuante, participando de diversas atividades jurídicas e sociais. Dedicou-se voluntariamente a Semanas de Conciliação do TRT5, e foi vencedora do concurso ‘Histórias de aposentado’, em 2012, promovido pela Amatra 5. À época, aos 76 anos, dizia estar na puberdade da terceira idade, e que velho era o mundo e quem o tinha criado. Autora de sentenças pioneiras, faleceu, em Salvador, aos 80 anos, em 6 de setembro de 2015.

Outras publicações

Oito das oito testemunhas de acusação do MPF disseram não saber nem jamais terem conversado com ex-presidente Lula sobre qualquer ilegalidade Advogados Cristiano Zanin Martins, Cirino dos Santos criticam postura do juiz Sérgio Moro. O juiz paranaense de primeira instância Sérgio Moro está ...
Tributo a um magistrado | Luiz Holanda Jurista Luiz Holanda e o Ministro Humberto Martins. Cerimônia de posse da ministra Laurita Vaz, na presidência do STJ e do ministro Humberto Mart...
Operação Lava Jato: Justiça Federal bloqueia bens da Odebrecht e OAS A Justiça Federal em Curitiba determinou o bloqueio dos bens das empreiteiras Odebrecht e OAS, empresas investigadas na Operação Lava Jato. De acordo ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br