Sessão especial da Consciência Negra abre celebrações aos 100 anos do Bate Folha

Cartaz anuncia sessão especial sobre 100 anos do Território Bate Folha.

Cartaz anuncia sessão especial sobre 100 anos do Território Bate Folha.

Adeptos e simpatizantes do povo de santo brasileiro têm um motivo especial pra celebrar nesta quinta-feira (24/11/2016), a partir das 15h. os 100 anos do Terreiro Bate Folha motiva sessão especial no plenário do Palácio Dep. Luis Eduardo Magalhães, na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e contará com sacerdotes, sacerdotisas, representantes de segmentos sociais e do poder público.

Proposta pelo presidente da Comissão de Promoção da Igualdade (CEPI/Alba), Bira Corôa, a sessão solene abre a programação alusiva ao centenário do Terreiro, visando resguardar a memória do Bate Folha, assim como destacar a atuação do fundador da casa, o saudoso Tata Ampumandezu, Sr. Manoel Bernandino da Paixão – um dos pioneiros na preservação da tradição do Candomblé Congo-Angola no Brasil.

“É um dever e uma honra propor esta sessão. O Bate Folha é um dos pilares na salvaguarda do culto afro-brasileiro e merece todas as deferências”, reflete o deputado estadual, Bira Corôa.

Como a própria comunidade religiosa do Bate Folha [Manso Banduquenqué) costuma frisar, é o momento de ‘celebrar as folhas, o vento, as águas, a terra, o fogo e todos os elementos que dão vida à natureza, bem como agradecer e renovar a fé em todos os Nkises, reverenciando Mbamburucema, a grande representação da casa’.

Bate Folha – O Terreiro foi fundado em 1916 e atualmente, encontra-se sob a gestão do seu sexto sacerdote, Tata Muguanxi (Cícero Lima). Localizado no bairro da Mata Escura, é o maior terreiro da cidade de Salvador, em extensão territorial, e, um dos mais antigos da capital.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br