Salvador: desembargador aposentado Mário Albiani lança livro ‘Minha vida pelo Direito’

Obra 'Minha vida pelo Direito' é lançada pelo desembargador aposentado Mário Albiani.

Obra ‘Minha vida pelo Direito’ é lançada pelo desembargador aposentado Mário Albiani.

Uma das personalidades mais conhecidas e respeitadas no Judiciário baiano, o desembargador Mário Albiani, atualmente aposentado, lança na sexta-feira (18/11/2016) o livro ‘Minha vida pelo Direito’. A noite de autógrafos acontece, a partir das 18h, no Quartel da Aeronáutica, em Ondina, em Salvador. A publicação dialoga com a memória, com os fragmentos da sua vida, desde a infância no Porto dos Tainheiros, no bairro de Ita­pajipe, e também histórias presenciadas ao longo da sua trajetória profissional.

São mais de 60 anos dedicados ao Direito, ingressando na Universidade Federal da Bahia em 1954. Aprovado em concurso em 1963, foi nomeado juiz no ano seguinte para a comarca de Palmeiras, na Chapada Diamantina. Em 1979, foi promovido a desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, onde posteriormente tornou-se presidente da Corte. Foi governador da Bahia durante 10 dias, em 1991, durante o governo de Nilo Coelho, que, como vice, assumira o governo do Estado no lugar de Wal­dir Pires, que renunciara para concorrer à vice-presidência da República, na chapa com Ulisses Guimarães.

Ao longo de sua vida de magistrado, foi agraciado com 140 títulos de cidadão em municípios da Bahia. Era conhecido por ser um juiz pacificador e participativo, o que o fez ser presidente da Associação dos Magistrados da Bahia (AMAB) em sete mandatos. Na entidade, fundou a Escola de Preparação e Aperfeiçoamento da Magistratura, renomeada depois Escola de Magistrados da Bahia (EMAB), onde também foi diretor. Era conhecido pela sua perseverança na mudança de mentalidades, notadamente no que se refere ao contínuo diálogo entre o juiz e a comunidade, bem como ao estímulo na realização de acordos e conciliações entre as partes, maximizando a função judicante como pacificadora.

“Em Direito, como em qualquer ramo de atividade que exige conhecimento, não só específico, mas geral, é preciso estudar sempre, se possível diariamente, para ser um bom profissional”, cita Albiani, em uma das suas falas.

Neto de um italiano, que veio para o Brasil por volta de 1873, especificamente para ser mecânico de manutenção do recém-inaugurado Ele­vador Lacerda, Mário Albiani preserva até hoje o bom humor, as amizades que construiu e o amor à família.

Outras publicações

Saindo do forno: Panetones Perini já estão nas prateleiras de Salvador Panetone Perini. Um dos produtos mais tradicionais de Natal já pode ser encontrado em todas as lojas Perini. É que a fabricação de panetones de marc...
“Continua a exploração dos trabalhadores da limpeza urbana em Salvador”, dispara vereador Suíca Luiz Carlos Suíca critica gestão do prefeito ACM Neto. O vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT) culpou, nesta terça-feira (20/01/2015), a Limpu...
SEMA promove encontro de colegiados ambientais em Salvador Promover a integração e elaborar diretrizes para nortear as políticas públicas de meio ambiente e recursos hídricos. Esta é a proposta do 1º Encontro ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br