Reitoria continua dialogando com estudantes que ocupam a Uefs

Fachada da sede da Reitoria da Uefs.

Fachada da sede da Reitoria da Uefs.

A Reitoria da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) informa que continua dialogando com os estudantes que ocupam o campus universitário desde a noite do dia 1° de novembro. A mobilização estudantil, organizada contra a PEC 241/55-2016 e contra a proposta de reforma do ensino médio, tem sido pacífica.

O acesso à Universidade está viabilizado para pedestres. O Restaurante Universitário e o Centro de Educação Básica (CEB) estão funcionando normalmente. Há servidores trabalhando, em regime especial, realizando atividades essenciais que dependem de prazos para execução.

O calendário acadêmico do semestre 2016.1, conforme decisão do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), teve a contagem de dias letivos suspensa a partir do dia 3 de novembro, quando já haviam sido efetivados 93 dos 100 dias letivos. As atividades a serem desenvolvidas nos 7 dias restantes serão retomadas após o fim da mobilização estudantil em curso.

Na manhã de quarta-feira (09/11/2016), houve a primeira rodada de negociação, seguindo o calendário proposto na pauta do movimento, entregue à Reitoria na última segunda-feira (07). Questões como direitos das minorias na Universidade, o papel da Ouvidoria e as implicações da PEC 55 foram alguns dos pontos discutidos.

Hoje, a pauta da segunda rodada de negociação girou em torno das restrições orçamentárias e seus efeitos sobre o valor de bolsas estudantis, sobre a obra de ampliação do Restaurante Universitário, além do retorno das viagens de campo de graduação.

Outras publicações

Bolsistas da Uefs vão estudar na Universidade de Coimbra As estudantes Sidinea Almeida Pedreira dos Santos e Simone Oliveira Silva, do curso de Letras da Universidade Estadual de Feira de Santana, foram sele...
Acordo no MPT garante 12 bolsas para pessoas com deficiência cursarem direito na Bahia Pedro Lino de Carvalho Junior, procurador da República do Trabalho. Doze pessoas com deficiência serão beneficiadas com acordo firmado pelo Ministér...
Bahia defende disciplina de trânsito no ensino público Governo defende disciplina de trânsito no ensino público. Incluir a disciplina educação para o trânsito na matriz curricular do ensino público brasi...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.