Queimada e aterro na Lagoa Salgada evidencia elevado dano ambiental em Feira de Santana

Queimada e aterro na Lagoa Salgada evidencia elevado dano ambiental em Feira de Santana.

Queimada e aterro na Lagoa Salgada evidencia elevado dano ambiental em Feira de Santana.

Queimada e aterro na Lagoa Salgada evidencia elevado dano ambiental em Feira de Santana.

Queimada e aterro na Lagoa Salgada evidencia elevado dano ambiental em Feira de Santana.

Cidadão encaminha relato e imagens que documentam elevado grau de degradação ambiental da Lagoa Salgada em Feira de Santana. As imagens registradas na quarta-feira (16/11/2016) e neste domingo (20/11/2016) evidenciam elevado dano ambiental. Inconformado o cidadão comenta:

— Precisamos que as autoridades responsáveis se manifestem em defesa da maior lagoa de Feira de Santana, a Lagoa Salgada.  As queimadas criminosas para promoção da invasão das terras em seu entorno ocorrem diariamente e não são impedidas, porque não existe qualquer fiscalização do poder público. Recentemente, foi queimada uma enorme área e os bombeiros apareceram três horas depois do início do incêndio, mas nada fizeram. Nem desceram do carro, simplesmente olharam e foram embora.

Destruição ambiental

Considerada a maior lagoa urbana de Feira de Santana, a exemplo de outras áreas ambientais do município, como a Lagoa do Prato Raso, está passando por elevado grau de dano ambiental, com a finalidade de transformar parte da área em terrenos próprios para uso comercial e residencial.

A destruição ambiental da lagoa Salgada é decorrente de diversos fatores. Um dos fatores é a valorização da área, em função da expansão urbana e do beneficiamento com a implantação da Avenida Nóide Cerqueira, transformou o local em um espaço de cobiça e ocupação irregular.

“Contribui para que ocorra a ocupação irregular de áreas ambientais, a exemplo da Lagoa Salgada, a ineficiente fiscalização municipal, que, parece deixar de agir de forma predeterminada, colaborando para que ocupações ilegais surjam e se consolidem. Na sequência, através de mecanismos que envolvem cartórios, Câmara Municipal e setores da Prefeitura de Feira de Santana essas áreas são legalizadas”, revela fonte.

Outras publicações

Prefeitura de Feira de Santana inaugura academia de ginástica Prefeito José Ronaldo inaugura academia. de A primeira Academia da Saúde de Feira de Santana será entregue à população nesta segunda-feira (15/09/20...
ALBA aprova quase R$ 100 milhões para diminuir efeitos da seca na Bahia Assembleia Legislativa da Bahia, edifício senador Jutahy Magalhães. Mais uma medida para ajudar a preparar a população do semiárido para a convivênc...
Prefeitura de Feira de Santana diz que mais 768 famílias vão receber habitação própria, através do programa Minha Casa Minha Vida Trabalhador da construção Civil finaliza cobertura de moradia do programa Minha Casa Minha Vida. Mais 768 famílias de baixo poder aquisitivo serão c...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.