Procuradoria de Roma apura homicídio de turista italiana na Bahia

Pamela Canzonieri costumava passar férias em Morro de São Paulo.

Pamela Canzonieri costumava passar férias em Morro de São Paulo.

Após a divulgação do resultado da autópsia da italiana Pamela Canzonieri, assassinada em Morro de São Paulo, na Bahia, a Procuradoria de Roma também abriu um inquérito por homicídio doloso sobre o caso. As informações são da Agência ANSA.

O promotor-adjunto da capital italiana, Francesco Caporale, já solicitou mais informações das autoridades brasileiras e o laudo completo da necropsia, que apontou que Pamela morreu por asfixia no pescoço provocada por mãos. Ela era natural de Ragusa, na região italiana da Sicília. Tinha 39 anos e trabalhava como garçonete em Morro de São Paulo.

Nesta quinta-feira (24/11/2016), a Secretaria de Segurança Pública da Bahia anunciou a prisão de um suspeito do crime, mas não revelou sua identidade. O suposto assassino era vizinho da vítima e tinha envolvimento com o tráfico de drogas.

“Depois de ouvir algumas testemunhas, julguei necessário solicitar a prisão deste indivíduo. Esse período, autorizado pela Justiça, nos permitirá interrogá-lo mais de uma vez e confrontar as versões, além da produção de laudos periciais”, disse a delegada Argimária Freitas, responsável pelo caso.

*Com informações da Agência Brasil

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br