População mais pobre será fortemente atingida com a aprovação da PEC 55, afirma governador Rui Costa

Governador Rui Costa critica proposta econômica do governo federal.

Governador Rui Costa critica proposta econômica do governo federal.

“O sacrifício do povo mais simples será exageradamente forte”, na avaliação do governador Rui Costa, caso o Congresso Nacional aprove a PEC 55, que prevê um teto para os gastos públicos da União nos próximos vinte anos. Durante lançamento do programa Primeiro Emprego, em Salvador, na manhã desta quarta-feira (30/11/2016), Rui reconheceu a necessidade de equilíbrio das contas públicas, limitando os gastos de acordo com a arrecadação, mas não concorda que a melhor solução seja a adoção de um modelo único para o Brasil. “Reajustar o valor pela inflação não basta”, critica o governador.

“Eu optei, aqui na Bahia, pela melhoria permanente do gasto público. Isso dá mais trabalho, consome mais tempo, mas acho que o resultado é melhor. Ao invés de congelar despesas por dez ou vinte anos, eu prefiro estar toda semana me reunindo e cortando despesas, verificando contratos, do que tomar uma medida de impacto muito forte para congelar tudo”, avaliou.

Para o governador, o reajuste do orçamento apenas pela inflação vai trazer problemas para o País, base da PEC 55, principalmente nas áreas de saúde e educação. “Hoje, governadores e prefeitos têm oferecido muitos serviços que o governo federal não cadastra no sistema, não reconhece, para não pagar a parte dele”, denuncia. O governador cita, como exemplo, o funcionamento de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) que estão sendo bancadas pelo Estado ou município sozinhos em todo o País, sem que o governo federal repasse recursos em contrapartida. “O governo federal simplesmente não lança no sistema dele, não reconhece aquela unidade, como se não existisse. Se não tiver aporte extra para a saúde, como prevê a PEC 55, essas unidades e aquelas que abrirem ficarão sem orçamento federal”, concluiu.

Outras publicações

Bahiafarma garante R$ 15,4 milhões para produção de kits de diagnóstico da zika, dengue e chikungunya Bahiafarma recebe encomenda para produção de kits de diagnóstico da zika, dengue e chikungunya. A Bahiafarma, laboratório público do Estado da Bahia...
Governo da Bahia desembolsa R$ 2,08 bilhões com 13º e salário de dezembro de 2016 dos servidores Governo Rui Costa mantém salários em dia e paga 13º salário. Os 260 mil servidores estaduais ativos e inativos receberam a segunda parcela do 13º sa...
Carga tributária do país caiu para 34,28% do PIB em 2009, segundo Ipea A queda na arrecadação por causa da crise econômica e as reduções de impostos que entraram em vigor no ano passado diminuíram o peso dos tributos sobr...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br