Operação Calicute: ex-governador Sérgio Cabral é preso em nova fase da Lava Jato; PMDB é atingido pela segunda vez

Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho (Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 1963), é um jornalista e político brasileiro filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Foi governador do Rio de Janeiro de 1 de Janeiro de 2007 até 3 de abril de 2014, quando renunciou ao cargo. Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.

Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho (Rio de Janeiro, 27 de janeiro de 1963), é um jornalista e político brasileiro filiado ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). Foi governador do Rio de Janeiro de 1 de Janeiro de 2007 até 3 de abril de 2014, quando renunciou ao cargo. Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal e a Receita Federal, deflagram nesta quinta-feira (17/11/2016) a Operação Calicute, com o objetivo de investigar o desvio de recursos públicos federais em obras realizadas pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro. O prejuízo estimado é superior a R$ 220 milhões. O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) foi preso preventivamente.

Em nota, a PF informou que a apuração em curso identificou fortes indícios de cartelização de grandes obras executadas com recursos federais mediante o pagamento de propinas a agentes estatais, incluindo um ex-governador do Estado do Rio de Janeiro, além de outros fatos.

Duzentos e trinta policiais federais cumprem 38 mandados de busca e apreensão, 08 mandados de prisão preventiva, 02 mandados de prisões temporárias e 14 mandados de condução coercitiva expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, bem como 14 mandados de busca e apreensão, 02 mandados de prisão preventiva e 01 mandado de prisão temporária expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

São investigados os crimes de pertencimento à organização criminosa, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro, entre outros. Também participam das diligências dezenove procuradores do MPF e cinco auditores fiscais da RFB.

A ação atinge um dos nomes mais destacados nacionalmente do PMDB. Sérgio Cabral é o segundo membro do partido com projeção nacional a ser preso no Caso Lava Jato. O primeiro foi o ex-presidente da Câmara dos deputados Eduardo Cunha.

A Operação Calicute é resultado de investigação em curso na força-tarefa da Operação Lava Jato no Estado do Rio de Janeiro em atuação coordenada com a força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná.

Com informações do Estadão.

Outras publicações

Correta ou injustificada? Por que a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha é motivo de controvérsia entre juristas O ex-deputado federal, Eduardo Cunha, é preso e transferido de Brasília para a sede da Polícia Federal em Curitiba. Comemorada nas redes sociais, a ...
Operação Deflexão: deputado Marco Maia diz que não atuou na CPMI para privilegiar ninguém Deputado Marco Maia argumentou que em nenhum momento atuou para “livrar, privilegiar ou proteger algum dos investigados”. O deputado Marco Maia (PT-...
Juiz federal Sérgio Moro defende continuidade de investigação contra Lula na Lava Jato; defesa contesta Juiz federal Sérgio Moro defende continuidade de investigação. O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, defendeu na quinta-f...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br