Ministro do STF nega pedido para soltar ex-deputado Eduardo Cunha

O ex-deputado federal Eduardo Cunha foi preso na quarta-feira (19/12/2016) e transferido de Brasília para a sede da Polícia Federal em Curitiba.

O ex-deputado federal Eduardo Cunha foi preso na quarta-feira (19/12/2016) e transferido de Brasília para a sede da Polícia Federal em Curitiba.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki negou na sexta-feira (04/11/2016) pedido do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para deixar a prisão. Cunha está preso desde o dia 19 de setembro de 2016 na carceragem da Polícia Federal em Curitiba em função das investigações da Operação Lava Jato.

Na petição, os advogados haviam afirmado o Supremo decidiu que Cunha não poderia ser preso pelos fatos investigados contra ele na Lava Jato, ao entender que o ex-deputado deveria ser afastado da presidência da Câmara em maio. Para a defesa, os ministros decidiram substituir a prisão pelo afastamento e um novo pedido de prisão não poderia ser aceito pelo juiz federal Sérgio Moro.

Na decisão, o ministro decidiu manter a prisão do ex-deputado por entender que Moro não violou decisão da Corte. Os detalhes do despacho não foram divulgados porque a petição está em segredo de Justiça.

A prisão foi decretada na ação penal em que o deputado cassado é acusado de receber R$ 5 milhões, que foram depositados em contas não declaradas na Suíça. O valor seria oriundo de vantagens indevidas, obtidas com a compra de um campo de petróleo pela Petrobras em Benin, na África. O processo foi aberto pelo Supremo, mas, após a cassação do mandato do parlamentar, a ação foi enviada para o juiz Sérgio Moro porque Cunha perdeu o foro privilegiado.

Outras publicações

Ministro Ricardo Lewandowski é homenageado em sua última sessão plenária como presidente do STF Ministro Ricardo Lewandowski é homenageado em sua última sessão plenária como presidente do STF. Ao fim da sessão de julgamentos desta quinta-feira ...
Lula, a Casa Grande e a Senzala | Por Márcio Sotelo Felippe Fernando Henrique Cardoso se perpetuou no poder graças a um dos mais escandalosos delitos da história política do país: a compra de votos para a emend...
Mulher de Eduardo Cunha pede para juiz Sérgio Moro enviar ação contra ela à Justiça no Rio de Janeiro Eduardo Cunha e a esposa Cláudia Cordeiro Cruz. Cláudia Cruz responde a processo criminal por possível receptação de recursos financeiros obtidos a p...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br