Ministério Público recomenda substituição de contratados por concursados em UPA de Feira de Santana

Candidatos aprovados em concurso público realizado em 2012 pelo Município de Feira de Santana para preenchimento de cargos na área de saúde devem substituir os profissionais contratados pela Prefeitura Municipal diretamente, via cooperativas ou por empresas de intermediação de mão de obra, atualmente lotados na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro de Mangabeira. Foi o que recomendou o Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Tiago de Almeida Quadros, ao prefeito José Ronaldo. Segundo a recomendação, expedida ontem, dia 23, a substituição deve ser realizada em um prazo de 15 dias ou em 180, no caso de cargos em que não haja profissionais aprovados em concurso.

Nas considerações da recomendação, o promotor de Justiça afirma que a maioria dos profissionais contratados diretamente pela Prefeitura há mais de dois anos, alegadamente por regime de urgência, “permanece desempenhando as suas funções na UPA”, o que representaria uma fraude à exigência constitucional do concurso público. Ele pontua que o concurso de 2012 teve a validade prorrogada até o próximo dia 20 de dezembro, com candidatos aprovados e não nomeados para diversos cargos, entre eles os de médico, enfermeiro, auxiliar de enfermagem e assistente social. Quadros aponta também que a Prefeitura se valeu de cooperativas para perpetuar os profissionais contratados diretamente, violando os princípios da moralidade administrativa, legalidade e da impessoalidade.

Leia +

Prefeitura de Feira de Santana informa que convocou quatro vezes mais do que previsto em concurso de 2012 e que em 2017 pretende realizar novo certame

Concursados de 2012 para o setor da saúde do município de Feira de Santana promovem protesto

Outras publicações

Seagri de Feira de Santana acompanha plantio de sementes de milho e feijão em distritos Plantação de milho recebe apoio técnico da Seagri. Na manhã desta sexta-feira (15/07/2016), técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura e Recurs...
SinalVida Ltda encaminha direito de resposta sobre documentação apresentada no processo licitatório da ‘Zona Azul’ de Feira de Santana Equipamentos que controlam a ‘Zonal Azul’ no Município da Vitória de Santo Antão são sinalizados como de propriedade da SinalPark Vitória. Observa-se...
Feirenses são orientados sobre prevenção do câncer de pele Manchinhas que mudam de cor, sinal que cresceu muito. Situações simples que podem indicar a possibilidade de câncer de pele. Neste sábado, (26/11/2016...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.