Governadores e presidente Michel Temer fecham acordo para repasse de multas da repatriação

Governadores se reúnem com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.

Governadores se reúnem com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.

Ao deixar a reunião do presidente Michel Temer com chefes dos Executivos estaduais, o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, disse que a equipe econômica do governo aceitou repassar parte do dinheiro arrecadado com as multas da chamada repatriação. Os recursos, obtidos com a regularização de ativos mantidos por brasileiros no exterior, eram objeto de disputa no Supremo Tribunal Federal (STF). A União já tinha repassado a estados e municípios o dinheiro recolhido com o Imposto de Renda, mas os governadores defendiam também o direito à divisão dos recursos arrecadados com as multas.

Governadores e representantes de 24 estados, mais o Distrito Federal, estão reunidos há quatro horas com Temer no Palácio do Planalto para discutir o acordo e demais propostas para solucionar a crise financeira das unidades da federação.

O montante, segundo os governadores, é de cerca de R$ 5,2 bilhões, dos R$ 46,8 bilhões obtidos com a repatriação. De acordo com Colombo, o acordo fechado prevê que os estados retirem as ações reivindicando o repasse que tramitam no STF.

“Os recursos das multas serão partilhados com estados e municípios, assim como foi feito com o imposto. Há um compromisso nosso, como contrapartida, de que a gente continue lutando com o ajuste fiscal, para equilíbrio das contas públicas, e apoiando fortemente o governo federal na reforma da Previdência”, afirmou Raimundo Colombo, ao deixar a reunião.

Sobre a possibilidade de os governadores trabalharem para reformar a previdência dos estados, com as mesmas regras da reforma que será proposta pelo governo federal, Colombo disse não haver um “compromisso”, e sim uma “intenção” de trabalho em conjunto. Mais cedo, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, havia dito que uma das pautas conjuntas é a alteração das regras para aposentadoria com os “mesmos termos” para todos os estados.

Outras publicações

Edinho Silva é o novo ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência da República Edson Antonio Edinho da Silva (Edinho Silva) assume Secretaria de Comunicação da Presidência da República. O ex-deputado Edinho Silva será o novo ...
Na Espanha, Lula conversa com candidatos socialistas e fala sobre políticas sociais O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está hoje (19/10/2011) em Madri, na Espanha, onde faz palestra no seminário da Fundación Ideas para el Progr...
Com 29% das concessões de incentivos fiscais, Bahia lidera investimentos da SUDENE Quase 30% dos benefícios concedidos pelo órgão sob influência do PMDB baiano são para empreendimentos no estado. Superintendência alega que recebe ma...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br