Fenagro 2016: Governador Rui Costa inaugura novo Tatersal de Leilões do Parque de Exposições

Governador Rui Costa participa inaugura tatersal.

Governador Rui Costa participa inaugura tatersal.

A força do berrante, a melancolia do canto do carro de boi, o repentista rimando as belezas da vida no campo. Tudo isso pode ser encontrado, até o próximo domingo (4 de dezembro), na 29ª Feira Internacional da Agropecuária (Fenagro) 2016, no Parque de Exposições de Salvador. Aberto no domingo (27/11/2016), com o tema ‘Agropecuária da Bahia, Celeiro de Boas Oportunidades’, o evento recebeu a visita do governador Rui Costa, que inaugurou o novo Tatersal de Leilões do Parque de Exposições, acompanhado da primeira-dama, Aline Peixoto, duas filhas e autoridades. A feira reúne seis mil animais, entre bovinos, equinos, ovinos, caprinos, além de animais de pequeno porte.

 O ambiente é ideal para a realização de negócios e ações de fomento ao setor agropecuário, que vão desde a comercialização de produtos artesanais, até leilões de animais com alto padrão genético, que chegam a custar R$ 1,5 milhão. Segundo o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, a Fenagro ilustra a força da agropecuária baiana. “Aqui estão representados bancos, secretarias, diversos representantes de negócios. Estamos passando por um período de seca prolongada, de crise econômica, mas, mesmo assim, a produção da Bahia é revelada neste espaço, com os investimentos do Governo do Estado, tanto na infraestrutura, como na produção”.

 Na cerimônia de abertura do evento, com a presença do vice-governador e secretário estadual do Planejamento, João Leão, o Governo do Estado firmou um convênio com os produtores da Chapada Diamantina para fomentar a piscicultura. Segundo o secretário estadual da Agricultura, Vitor Bonfim, “os produtores vão receber assistência técnica e recursos para a construção de tanques escavados. Assim, o agricultor familiar poderá ter no quintal de casa uma nova fonte de renda para garantir a segurança alimentar e a qualidade de vida da família”.

 Bahia Rural Contemporânea

Diversidade, cultura, música, moda, artesanato, gastronomia e tecnologia, estarão presentes no Bahia Rural Contemporânea, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que reúne a Feira da Agricultura Familiar, a primeira Feira dos Territórios e ainda uma Feira de Tecnologia. Durante os oito dias, os visitantes poderão degustar, comprar e conhecer um pouco mais sobre os produtos típicos da diversidade rural da Bahia, produzidos em harmonia com a natureza, buscando a sustentabilidade e a produção de alimentos saudáveis.

A Cooperativa de Produção Agropecuária de Jiló e região, sediada em Várzea Nova, está com um estande na Feira da Agricultura Familiar. “Nós temos quatro indústrias, no valor de R$ 3,5 milhões, para o beneficiamento de leite, frutas e mandioca. Nós produzimos iogurte, bebidas lácteas, vamos produzir queijos, temos o beneficiamento de polpa e acabamos de lançar uma indústria de sucos, além da indústria de beneficiamento da mandioca”, afirmou o presidente da entidade, Fred Jordão. Segundo ele, as unidades foram implantadas por meio do apoio da Companhia Desenvolvimento de Ação Regional, vinculada à SDR.

 A artista plástica Maria Eugênia Dias comprou sucos e outros produtos no estande de Fred. “Eu levo para casa, para consumo próprio e também dou de presente para amigos, vizinhos. Estou levando suco, polpa de cacau, doces, tudo  muito bom”.

 No 1º Salão dos Territórios de Identidade da Bahia, os representantes dos Colegiados Territoriais, gestores públicos, acadêmicos e pesquisadores irão conhecer e debater as experiências bem sucedidas desenvolvidas em determinadas áreas do conhecimento com abordagem territorial. Serão premiadas, com o valor de até R$ 30 mil, por meio de convênios com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), as três boas práticas que alcançarem melhor pontuação.

 A diretora da SDR, Elizabeth Costa, informou que, neste domingo, começou também a programação técnica, com um seminário sobre políticas para mulheres e territórios. “Serão várias temáticas, de segunda a sexta-feira, sobre comercialização, mercado, cadeias produtivas, agroecologia, boas práticas dos 27 territórios da Bahia, entre outros temas. Estão vindo caravanas dos territórios e é também aberto ao público. Qualquer pessoa pode participar, estão todos convidados”.

Diversão para a família

 O evento conta com atividades para toda a família, como o espaço Kids, praça de alimentação, com restaurantes diversos, exposições e torneios de animais, aulas de gastronomia gratuitas, entre outros serviços oferecidos ao público, a exemplo das unidades móveis do SAC, da Fundação Hemoba e do Ibametro.

 O empresário Erick Pereira foi com a mulher, Jessyca, e o filho Guilherme, de 2 anos de idade, passear na feira. “É o segundo ano que a gente vem. Não é sempre que temos esta oportunidade. Então, trago o filho para conhecer os animais, criar o hábito. Minha família tem fazenda no sul da Bahia e quero acostumá-lo com este ambiente, é um momento oportuno para isso”.

Outras publicações

TJBA confirma pedido da Oposição e suspende projeto do Governo da Bahia Deputados da bancada de oposição na ALBA comemora decisão do TJBA. Em julgamento de mérito na sessão de Direito Público desta quinta-feira (27/10/20...
Salvador sedia 1º Seminário Cultural da Moda Representantes da cadeia produtiva da moda vão desenhar Plano Cultural para o setor; ministro da Cultura participa da abertura do evento. Entre os d...
Governo envia à ALBA projetos de ganho salarial para diversas categorias do Estado PLs são fruto de negociações entre o Governo e Técnicos em fiscalização e regulação, policiais civis, trabalhadores em Saúde, delegados de polícia ,...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br