Feira de Santana: vereador comenta falta de água e diz que há desvio dos carros pipa

David Neto: vou pegar um caminhão e colocar gratuitamente para fornecer água para o povo.

David Neto: vou pegar um caminhão e colocar gratuitamente para fornecer água para o povo.

O problema da falta de abastecimento de água por carros pipa em algumas comunidades da na zona rural de Feira de Santana foi tema de discurso do vereador David Neto (DEM), nesta segunda-feira (07/11/2016), na tribuna da Câmara Municipal.

 “Essa água que foi dita aí é um problema muito grande. Fazem ofício, mas não sei o que acontece, dizem que o ofício chega às mãos do motorista, depois eles dizem que não tá lá, tá na Secretaria, mas só sei que a água não chega à mão do povo”, afirmou.

O edil acrescentou: “não estão dando cobertura a Feira de Santana toda. Tem quatro caminhões, na Pedra Ferrada, em um dia, abastece a Pedra Ferrada toda. Agora dizer que só tem condição de dar uma viagem, é um absurdo! Hoje em dia eu vi um caminhoneiro sair 4 da manhã e 6 da manhã estava em Eunápolis, como os caminhões aqui não chegam à zona rural?”, indagou.

David voltou a informar que disponibilizará, por conta própria, um caminhão pipa para o atendimento da população. “Vou pegar um caminhão e colocar gratuitamente para fornecer água para o povo. Eu tenho meu escritório que atende de graça, eu vou fazer isso também, já sou abençoado por Deus e posso fazer pelo povo”, prometeu.

Em aparte, o vereador Tonhe Branco (PHS) também se manifestou sobre o assunto. “Fui a Jaguara e vi o povo chorando, paguei R$ 900,00 por um caminhão pipa com água, mas me falaram: ‘dispense o carro que vai chegar da Embasa’, então eu dispensei, mas a água não chegou”, lamentou.

Parque de Exposições

Mudando o foco do discurso, o vereador David Neto fez questionamentos a respeito do uso do Parque de Exposições João Martins da Silva para eventos privados.

“Eu estava assistindo televisão quando vi o anúncio de um show no Parque de Exposições, no dia 10 de dezembro, com três atrações. Gostaria de saber se foi cedido para o cidadão explorar e cobrar ingresso ou se foi alugado? Ali é um local publico e, se é público, o povo tem que ter entrada gratuita. Temos que saber, já procurei saber na Secretaria, mas não souberam me informar se o espaço foi alugado ou cedido, porque se foi cedido, não pode cobrar ingresso”, ressaltou.

 Em aparte, o vereador Pablo Roberto (PHS) trouxe informações a respeito do questionamento de David Neto. “O Parque não é cedido a nenhuma atividade feita pela iniciativa privada, o Parque de Exposições só não tem cobrança quando o evento realizado é de cunho social. O Município tem participação, é alugado para a iniciativa privada e eles pagam pela realização do evento”, informou.

Retomando a palavra, David Neto cobrou esclarecimentos por parte do poder público municipal.  “Onde está o recebido que pagaram? Se foi alugado, todos tinham que saber. Vou pedir ao nosso líder da bancada que amanhã me traga a cópia desse recibo ou ao vice-líder Marcos Lima sobre o aluguel desse espaço físico. Se foi alugado, tudo bem, aí com certeza pode cobrar o ingresso. Se não foi, tem que estar aberto ao público. Não se pode, de maneira nenhuma, ceder e cobrar ingresso. Temos que ficar de olho, o papel do vereador é fiscalizar, ver o que está fazendo com o espaço público”, declarou.

Em aparte, o vereador Marcos Lima (PRP) prometeu trazer informações precisas sobre os questionamentos do democrata. “Com certeza, os valores arrecadados com aluguel são para o Município, é importante arrecadar, mas vamos buscar essa informação e tentar trazer o comprovante de pagamento sobre o aluguel do espaço”, disse.

Já o líder do Governo, vereador José Carneiro (PSDB) acredita ser desnecessário buscar informações, uma vez que David Neto é da bancada governista. “Primeiro queria dizer que o Governo Municipal jamais cederia um espaço para evento que cobre ingresso e venha contrariar a lei. O senhor é vereador governista, tem toda a abertura dentro do Governo, Vossa Excelência pode  buscar essa informação; não vejo necessidade de eu ou Marcos buscarmos essa informação”, pontuou.

Outras publicações

Feira de Santana: vereador José Carneiro diz que SEDUR descumpre norma legal contribuindo para a degradação ambiental José Carneiro critica duramente gestão de José Ronaldo e diz que SEDUR descumpre norma legal. “A gente tem observado que, infelizmente, as leis cria...
Feira de Santana: vereador eleito Lulinha liga para o Jornal Grande Bahia e tenta determinar como a notícia deve ser publicada Matéria do vereador eleito Luiz Augusto de Jesus (Lulinha) foi enviada ao Jornal Grande Bahia (JGB) como se a mesma fosse escrita pelo jornal. Tentat...
Decisão judicial cancela concurso da Câmara Municipal de Feira de Santana Justiniano Oliveira França, presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, emitiu nota sobre cancelamento do concurso. O presidente da Câmara M...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br