Entidades e movimentos sociais organizam ‘Dia Nacional de Greve’

Entidades preparam 'Dia Nacional de Greve'.

Entidades preparam ‘Dia Nacional de Greve’.

Na sexta-feira (11/11/2016), diversas entidades e movimentos sociais de Feira de Santana farão um protesto a partir das 7h30, com concentração em frente à prefeitura. O ato endossa as mobilizações convocadas pelas centrais sindicais de todo o país contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 55, que tramitou na Câmara dos Deputados como PEC 241, e diversos outros projetos do governo federal. A data, que marca o Dia Nacional de Greves, reunirá trabalhadores do serviço público e da iniciativa privada.

A expectativa é que, através dos atos públicos, os manifestantes pressionem os senadores a se posicionarem contra a Proposta, que, caso aprovada, determinará a redução dos recursos para o setor público, a exemplo da saúde e da educação, a suspensão de concursos por vinte anos e o congelamento dos salários dos servidores.

Durante o protesto, os manifestantes ainda reafirmarão a luta contra a Medida Provisória (MP) que prevê a reforma do Ensino Médio; os Projetos de Lei relacionados ao Movimento Escola sem Partido; o PL 257, que estabelece um novo limite para o crescimento do gasto público; além das reformas previdenciária e trabalhista. Também conforme o calendário de atividades das centrais sindicais, mais um Dia Nacional de Greves será realizado em 25 de novembro.

A greve geral vem sendo construída coletivamente há alguns meses através de mobilizações que começaram com a Jornada de Lutas, ocorrida entre 12 e 14 de outubro, em Brasília, e no dia 15, nos estados. Os protestos seguiram nos dias 25 e 26 do último mês, com ato público em frente ao Núcleo Regional de Educação (antiga Direc/Feira de Santana) e no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador, respectivamente.

Dia 10

No dia 10 de novembro, os representantes das diversas das entidades e movimentos sociais do município participarão da aula pública organizada pelos alunos da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (Ufrb) sobre a PEC 55 e a reforma do Ensino Médio. A atividade ocorrerá às 15h, na Praça de Alimentação, Centro de Feira de Santana, onde ainda haverá panfletagem.

Antes, no dia 9, os militantes se reunirão em plenária para finalizar os detalhes do ato do dia 11. O encontro será às 18h, no Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães.

Ocupação nas universidades

Na Bahia, a ocupação estudantil dos institutos e universidades reforça os atos públicos que vêm sendo realizados nas cidades. Além das pautas nacionais, os alunos reivindicam demandas específicas.

Estão ocupadas as universidades federais do Oeste (Ufob), do Recôncavo (Ufrb) e da Bahia (Ufba), o Instituto Federal da Bahia (Ifba), mais as universidades estaduais de Feira de Santana (Uefs), do Sudoeste (Uesb), de Santa Cruz (Uesc) e da Bahia (Uneb). Em Feira de Santana, os discentes ocuparam a reitoria desde a última terça-feira (1º) e fecharam o acesso ao compus no dia 3 deste mês. As atividades acadêmicas permanecem paralisadas.

Outras publicações

Ex-militar argentino é condenado à prisão perpétua por dirigir centro de tortura Brasília – O ex-general argentino Eduardo Cabanillas foi condenado à prisão perpétua por dirigir um centro de detenção e tortura durante a ditadura mi...
Vendas de imóveis novos registram queda de 13,9% no primeiro semestre de 2016 Vista aérea de Salvador. Apesar disso, as unidades vendidas no semestre superaram o número de unidades lançadas. Os Indicadores ABRAINC-Fipe do prim...
Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Feira de Santana emite nota sobre greve Alberto Matos Nery é vereador em Feira de Santana e preside o Sintrafs. O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Feira de Santana...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br