Deputado Carlos Geilson destaca elevado número de mortes em Feira de Santana; 13 pessoas foram mortas em cinco dias

Em cinco dias, 13 pessoas foram mortas  em Feira de Santana.

Em cinco dias, 13 pessoas foram mortas em Feira de Santana.

A violência em Feira de Santana foi tema de pronunciamento do deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), na Assembleia Legislativa da Bahia na tarde desta quarta-feira (16/11/20/16), pós feriadão. De sábado até terça foram 13 homicídios em todo município, sendo que na terça-feira (15), a vítima foi uma criança de apenas 1 ano e 3 meses. A pequena Alice Beatriz Reis Farias estava na frente de casa quando foi atingida na cabeça e não resistiu.

Diante de repetidos casos de violência na cidade feirense, o deputado clamou para que a Secretaria de Segurança Pública e o governo do estado não fiquem omissos a estas situações. “Não podem lavar as mãos achando que os casos de violências são normais e acontecem e todas as cidades do país”.

Para Geilson, o SSP-BA precisa identificar os canais desta violência e criar mecanismos para combater o crime organizado e enfrentar o tráfico de drogas. Ele ainda chegou a convidar o secretário de SSP, Maurício Barbosa, que vá até Feira e converse com o Comando da Polícia Civil e com a sociedade organizada, para conhecer a realidade de perto e buscar soluções para combater essa violência. “As notícias dão conta de que a maioria dos casos são acertos de contas e guerras de tráfico. Só que nesse confronto tem os inocentes e familiares, que tombam e sofrem com as consequências”.

O deputado disse que o governo tem que ir para Feira, parar de enxergar os casos como meras estatísticas. “Dizer que os assassinatos são fenômenos nacionais não resolve a insegurança, nem traz as vidas de volta”, pontuou Carlos Geilson.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br