Chapa AMB Forte denuncia uso da estrutura da Associação dos Magistrados Brasileiros

Nota emitida pela chapa AMB Forte.

Nota emitida pela chapa AMB Forte.

A chapa AMB Forte emitiu nota na segunda-feira (07/11/2016) denunciando uso da estrutura da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o uso político do VI Encontro Nacional de Juízes Estaduais (VI ENAJE) em desfavor da Chapa 1. A nota apresenta, também, crítica a falta de diálogo por parte da direção da AMB com a categoria, na elaboração da nova Lei Orgânica da Magistratura (LOMAN).

“A ideia de democracia que eles defendem é a de “uma só voz” e, talvez por isso, ignoram seus associados que não foram chamados a construir um projeto nacional para a Magistratura”, infere o juiz Jayme de Oliveira, candidato a presidente da chapa AMB Forte.

O documento foi elaborado em resposta a nota emitida pelo presidente da AMB, João Ricardo Costa.

A Associação dos Magistrados Brasileiros está em processo de renovação da direção, disputam o comando da entidade Jayme Martins de Oliveira Neto, da Chapa 1 – AMB Forte Independente e Representativa; Michel Curi e Silva, da Chapa 2 – Magistrados Independentes; e Gervásio Protásio dos Santos Júnior, da Chapa 3 – AMB de Magistrado para Magistrado.

Confira o teor da nota: ‘Busca pelo poder não pode estar acima da Magistratura’

Com todo o respeito que a Magistratura merece, busquei até o momento a unidade e o diálogo. Fiz o debate necessário à disputa, em alto nível, pelo resgate da AMB em favor de sua missão prioritária, que é a defesa da Magistratura.

Por ser necessário, como democrático, fiz diversas críticas à atual gestão e as refirmo com toda a convicção e com o testemunho de milhares de Juízes brasileiros que foram os principais afetados pelo distanciamento e omissão da Associação, no último triênio, perante as demandas da Classe.

Reafirmamos que a atual direção da AMB não debateu com a Magistratura um projeto de LOMAN. Basta o colega se perguntar se alguma vez foi chamado a discutir LOMAN e se recebeu o anteprojeto que tramita no STF.

A Chapa nº 1 se compromete a colocar em discussão e envolver toda a Magistratura nesse debate pela construção de uma nova LOMAN que preserve o Judiciário e a Magistratura.

Lamentável, o presidente da AMB, em franco uso da máquina, fazer nota para a campanha do seu candidato, mesmo porque, como representante da atual gestão, ele esteve no debate para apresentar sua visão do assunto.

Lamentável também, o uso distorcido do VI ENAJE, que, em desfavor do debate científico pelo aperfeiçoamento do Judiciário, foi transformado em palco político e eleitoral pelo candidato oficial, a ponto de a cantora, no encerramento do encontro citar expressamente o candidato da situação. Um despropósito jamais visto na Magistratura.

Os destinos da Magistratura brasileira precisam ser conduzidos com equilíbrio e serenidade, sem a necessidade de expedientes da política menor na busca ilimitada de poder pelo poder.

A ideia de democracia que eles defendem é a de “uma só voz” e, talvez por isso, ignoram seus associados que não foram chamados a construir um projeto nacional para a Magistratura.

A Chapa nº 1 – AMB FORTE ouvirá os 14 mil associados da AMB.

Juiz Jayme de Oliveira

Candidato a presidente da AMB pela Chapa nº 1 ‘ AMB Forte’

Outras publicações

Ministros do TSE aguardam instrução do processo de cassação da chapa Dilma-Temer Presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes. O presidente to Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, afirmou hoje (16/11/2016) que ...
Minsitro Gilmar Mendes diz que TST tem “má vontade” com empresas O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, disse na sexta-feira (21/10/2016) que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) desfavorece a...
Justiça mantém embargo de fazenda sem licenciamento ambiental em Barreiras MPF manifestou-se a favor da manutenção do embargo, realizado pelo Ibama em 2008. Acompanhando manifestação do Ministério Público Federal (MPF) em Bar...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br