​PDDU estimula desconcentração econômica de Salvador

Prefeitura ade Salvador realiza quarto encontro sobre o novo PDDU.

Prefeitura de Salvador realiza quarto encontro sobre o novo PDDU.

A Secretaria Municipal de Urbanismo (Sucom) de Salvador realizou, nesta quarta-feira (09/11/2016), o quarto encontro sobre as mudanças e oportunidades promovidas pelo novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) e pela Lei de Ordenamento do Uso do Solo (Louos). Desta vez, a reunião foi com representantes de todas as secretarias da prefeitura, no auditório do Empresarial Thomé de Souza.

O objetivo do encontro com representantes das secretarias é que o conteúdo das duas legislações, aprovadas este ano pelo Legislativo Municipal, seja absorvido e também multiplicado entre os servidores dos órgãos que trabalham direta ou indiretamente com a aplicação das leis.

O secretário da Sucom, Sérgio Guanabara, destacou que o plano tem como propósito estimular a desconcentração econômica da cidade, atualmente muito focada na região da avenida Tancredo Neves. “A intenção é desconcentrar e dar oportunidade para outras regiões de Salvador se desenvolver e, com isso, estimular o crescimento econômico e social de outros pontos da capital baiana, criando novos postos de trabalho”.

Outros assuntos contidos nas leis e que foram destaque no seminário foram a promoção do desenvolvimento urbano com uma lógica orientada pelo transporte coletivo, a estruturação dos bairros tornando-os autossustentáveis, a criação das novas centralidades concebendo uma rede de conexão maior entre as regiões, uma escala de cidade compatível com a do pedestre e uma maior fruição pública.

Durante o seminário, Guanabara também falou sobre a necessidade de os representantes da secretaria estudarem e multiplicarem o conhecimento sobre a Louos e o PDDU. “Procuramos fazer legislações mais simples para que fossem facilmente entendidas por todos, com regras bem definidas e objetivas”, destacou o secretário.

Reuniões – A Sucom realizou outros três encontros com associações de classe para apresentar as novas possibilidades promovidas pelo Plano e pela Lei para cada setor. No último dia 4, a reunião foi realizada com a Aliança Brasileira de Advocacia Empresarial (Albrae). Na ocasião, os principais destaques foram a segurança jurídica e a redução da desigualdade social possibilitadas pelas duas novas legislações.

Os outros dois encontros aconteceram nos dias 1º de novembro, com representantes da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (ADEMI Bahia), e no dia 26 de outubro com representantes da Associação Baiana de Supermercados (Abase).

Outras publicações

Governo da Bahia conclui perfuração de túnel sob a Avenida Paralela em Salvador Construção do túnel sob a Avenida Paralela em Salvador. Aguardada com expectativa pelos engenheiros e operários envolvidos nas obras de implantação ...
Incra inicia obras para implantar 17 sistemas simplificados de abastecimento de água na Bahia Hélder Almeida anuncia investimentos. Com menos de uma semana à frente da Superintendência Regional do Incra na Bahia, Hélder Almeida autorizou o in...
“Infelizmente essa situação já era previsível”, afirma deputado Fábio Souto sobre desabamento do Centro de Convenções da Bahia Técnicos iniciam estudos para identificar causas de incidente no Centro de Convenções da Bahia. O deputado estadual Fábio Souto (DEM), que sempre re...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br