Eleições 2016: sete dos 20 atuais prefeitos de capitais vencem disputa já no primeiro turno

Macus Alexandre (PT) foi reeleito prefeito de Rio Branco (AC).

Macus Alexandre (PT) foi reeleito prefeito de Rio Branco (AC).

Dos 20 prefeitos de capitais que concorreram à reeleição este ano, 75% venceram a disputa no primeiro turno ou passaram para o segundo turno. Sete venceram no domingo (02/10/2016) os adversários no primeiro turno e oito disputarão o segundo turno no dia 30 de outubro.

Em Boa Vista (RR), a atual prefeita Teresa Surita (PMDB) venceu com 79,5% dos votos válidos, o maior percentual proporcional de votos entre os postulantes à reeleição. O atual prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), com quase 74% dos votos válidos, obteve o segundo maior percentual de votos dos prefeitos que tentaram a reeleição.

Além de Boa Vista e Salvador, se reelegeram no primeiro turno Firmino Filho (PSDB) em Teresina (PI), Macus Alexandre (PT) em Rio Branco (AC), Carlos Eduardo (PDT) em Natal (RN), Carlos Amastha (PSB) em Palmas (TO) e Luciano Cartaxo (PSD) em João Pessoa (PB).

Segundo Turno

Foram para o segundo turno os prefeitos de Manaus, São Luís, Recife, Fortaleza, Macapá, Vitória, Maceió e Belém. Na capital amazonense, Artur Virgílio Neto (PSDB) enfrentará Marcelo Ramos (PR). Em São Luís, a disputa envolverá Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Eduardo Braide (PMN), enquanto no Recife a disputa será entre Geraldo Júlio (PSB) e João Paulo (PT).

Em Fortaleza, o segundo turno ocorrerá entre Roberto Cláudio (PDT) e capitão Wagner (PR). Em Macapá, a eleição será disputada entre Clécio Luís (Rede) e Gilvan Borges (PMDB). Luciano Rezende (PPS) e Amaro Neto (SD) foram para o segundo turno em Vitória. Em Maceió, Rui Palmeira (PSDB) enfrentará Cicero Almeida (PMDB) e em Belém Zenaldo Coutinho(PSDB) e Edmilson (PSOL) brigarão pelo voto dos eleitores.

Cinco prefeitos não conseguiram votos para reeleição. São os casos dos atuais prefeitos de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), e de São Paulo, Fernando Haddad (PT). Em Porto Velho (RO), Doutor Mauro (PSB) não estará à frente do Executivo municipal a partir do ano que vem, assim como Alcides Bernal (PP) em Campo Grande (MS) e João Alves (DEM) em Aracaju (SE).

Derrota política

No Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, apesar de não estarem na disputa, os atuais prefeitos Eduardo Paes (PMDB) e Márcio Lacerda (PSB), respectivamente, tiveram derrotas políticas, já que seus candidatos não conseguiram avançar nem mesmo para o segundo turno.

*Com informação da Agência Brasil.

Outras publicações

Eleições 2016 – Feira de Santana: José Ronaldo arrasta multidão no bairro Parque Ipê Prefeito José Ronaldo reúnes com populares no bairro Parque Ipê. O resultado da pesquisa do Ibope, divulgado pela TV Subaé, na noite desta quinta-fe...
Eleições 2016 – Feira de Santana: após seis eleições consecutivas, Antônio Carlos Ataíde sofre derrota Filiado ao DEM, Antônio Carlos Passos Ataíde (Carlito do Peixe), após seis mandatos consecutivos, não foi reeleito vereador, ficando na 1º suplência ...
Eleições 2016 – Eunápolis: Renatinho Oxarope se emociona com apoios durante a maior caminhada do 55 Renatinho Oxarope e Otto Alencar realizam caminhada em Eunápolis. O candidato a vereador Renatinho Oxarope participou da caminhada realizada pela c...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br