Salvador: NEOJIBA e Escola de Dança da FUNCEB realizam Sagração da Primavera no TCA

Cartaz 'Sagração da Primavera no TCA'.

Cartaz ‘Sagração da Primavera no TCA’.

Pela primeira vez, os jovens músicos do programa Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA) e alunos da Escola de Dança da FUNCEB irão se encontrar em uma grandiosa atividade artística cultural. Jovens instrumentistas e bailarinos se reunirão para apresentar a Sagração da Primavera 2016, nos dias 15 e 16 de outubro de 2016, sábado (às 20h) e domingo (19h), no Teatro Castro Alves. Ingressos serão vendidos pelos valores R$4 (inteira) e R$2 (meia).

Também pela primeira vez, a antológica composição de Stravinsky, coreografada por Oscar Araiz, será realizada com música ao vivo em Salvador, por uma orquestra baiana.

O clássico será apresentado pelos músicos da principal formação musical do NEOJIBA – a Orquestra Juvenil da Bahia – e por alunos da Escola de Dança da FUNCEB, instituições que têm, em comum, objetivos de alcance social e artístico, através do atendimento a crianças e jovens que não têm, necessariamente, acesso à formação em artes. O processo de construção da montagem inclui um ensaio aberto, no dia 14 de outubro (sexta), para os Núcleos de Prática Orquestral do NEOJIBA, espaços culturais da FUNCEB, escolas públicas e ONG’S.

A Sagração da Primavera, composição musical revolucionária do erudito compositor russo Igor Stravinsky (1882-1971), foi criada para o balé em dois atos do coreógrafo VaslavNijinsky (1890 – 1950), também originário da Rússia, estreando no Théâtre dês Champs-Élysées, na capital francesa, em 29 de maio de 1913. Na narrativa, uma garota é marcada para ser entregue como oblação à divindade primaveril, no auge de um ritual pagão, com o objetivo de conquistar para seu povo uma colheita proveitosa.

A força e ousadia do balé A Sagração da Primavera já inspiraram várias versões. Em 1987, o Balé do Teatro Castro Alves (BTCA) montou sua própria versão, com a belíssima coreografia do argentino Oscar Araiz, e, em 2013, remontou-a, como parte do Projeto BTCA Memória, criado para a Escola de Dança da FUNCEB, sob a curadoria artística de Jorge Vermelho. Nesta versão 2016 o BTCA, corpo artístico do TCA, presta consultoria à montagem da mesma coreografia de Oscar Araiz, com toda a energia e impacto que a caracteriza.

Ação em parceria – O espetáculo é fruto da parceria entre a Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia(SecultBA), e o NEOJIBA, programa da Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, com gestão realizada pelo Instituto de Ação Socialpela Música (IASPM), entidade sem fins lucrativos, qualificada como Organização Social.

O projeto é composto por duas equipes de gestores, pesquisadores, artistas e produtores colaboradores entre si, entusiastas da arte como atividade essencial para o ser humano e, por isso, fundamental para sua formação.

Agenda

Quando: 15 e 16 de outubro, sábado e domingo | Horário: 20h (sábado, 15) e 19h (domingo, 16)

Onde: Teatro Castro Alves

Outras publicações

Secretaria do Turismo de Salvador destaca importância do Carnaval para a economia baiana IV Fórum do Carnaval de Salvador debate estrutura da festa. A festa carnavalesca é um dos mais importantes produtos turísticos da Bahia, fator de de...
MPT: demissões na EBDA permanecem suspensas enquanto não sai acordo Demissões na EBDA permanecem suspensas. A segunda audiência de conciliação da ação civil pública que o Ministério Público do Trabalho move contra o ...
Lei Nacional de Mobilidade Urbana em Salvador completa 100 dias de publicada e entra em vigor O Sindicato dos Engenheiros da Bahia (Senge/BA) realiza na capital, nesta quinta-feira (12/04/2012), o seminário “Impactos da Lei Nacional de Mobilida...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br