Obras de proteção do São Francisco na Bahia serão concluídas em novembro de 2016, anuncia Codevasf

Parceria entre Codevasf e Exército revitaliza margens do São Francisco.

Parceria entre Codevasf e Exército revitaliza margens do São Francisco.

Serão concluídas até o final de novembro deste ano as obras de contenção de processos erosivos nas margens do rio São Francisco executadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em parceria com o Governo do Estado da Bahia em Malhada e Sítio do Mato, região do Médio São Francisco. A execução envolve recursos federais da ordem de R$ 34 milhões e já chega a 95%.

“O objetivo é proteger o rio do assoreamento, coibir a ocupação de áreas de preservação permanente e possibilitar aumento e/ou permanência do fluxo de água”, explica o engenheiro civil Cláudio Márcio Silva, gerente regional de Desenvolvimento Integrado e Infraestrutura da Codevasf em Bom Jesus da Lapa (BA) e fiscal da ação.

As obras contemplam implantação de cercas, recomposição vegetal de áreas de proteção permanente – com plantação de sementes e mudas nativas de gramíneas, leguminosas, árvores e arbustos -, contenção de margens, instalação de cais e de estruturas de acesso a aguadas (para que animais aproximem-se da margem do rio em áreas específicas) e ações de educação ambiental, além de execução de trincheiras e taludes, entre outras intervenções.

As espécies nativas usadas no trabalho de recomposição vegetal são calumbi, são joão, juá, unha de gato, pajeú, canafístula, cafezão, muquém e jatobá. As ações de educação ambiental, por sua vez, são realizadas por profissionais de assistência social que esclarecem as populações, inclusive comunidades escolares, sobre as intervenções que estão sendo realizadas e ensinam a comunidade a proteger o rio.

O termo de compromisso firmado com a Companhia de Engenharia Hídrica e de Saneamento da Bahia (Cerb), que é vinculada à Secretaria Estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SHIS), envolveu também o município de Muquém do São Francisco, onde as obras já foram concluídas. Nas áreas ribeirinhas do município foram criadas escadas de acesso e sistemas de drenagem de águas pluviais.

Em Sítio do Mato a ação foi precedida da realocação de famílias que tiveram seus imóveis desmoronados por estarem situados muito próximos ao talude do rio São Francisco. “Antes das obras, a Codevasf construíu novos imóveis e realocou as famílias em outra área. Além de manter a integridade física das casas, a meta é restabelecer a harmonia, a segurança e a biota das margens do rio”, observa o fiscal da ação.

Já em Malhada, onde há avanço do rio em época de cheias, foi feito um cais de proteção em convênio com o município e um muro de proteção em pedra argamassada. No local está sendo feito retaludamento dos trechos urbanos – para proteção de imóveis e praças -, e rurais, para recompor os taludes que desmoronam com o avanço das cheias e geram o assoreamento. Também está sendo executado o reflorestamento das plataformas e dos taludes, além do cercamento das áreas e criação de acessos a bebedouros para animais à beira do rio.

“Com isso, se cria condição para o talude absorver as cheias e a correnteza do rio, e evitamos a acumulação de materiais nas margens por carreamento. Com o cercamento, é delimitado o acesso de pessoas e animais, evitando a destruição da mata ciliar. Simultaneamente a tudo isso, educamos a comunidade para praticar a preservação do rio de ações de assoreamento”, destaca Cláudio Márcio Silva.

Outras publicações

Ministros e governadores estão entre investigados na ‘farra das passagens’ Ministro Eliseu Padilha está entre os políticos que são investigados pelo MPF. Após denunciar 443 ex-deputados acusados de usar verbas públicas para...
MP libera R$ 1,9 bi para repor perdas de estados e municípios com exportações Governo do presidente Michel Temer libera R$ 1,95 bilhão. O presidente Michel Temer liberou na quinta-feira (13/10/2016), via medida provisória (MP)...
Caso La Vue: ministro Eliseu Padilha diz que sugeriu a ex-ministro que buscasse uma solução junto à AGU Ministro Eliseu Padilha e presidente Michel Temer. Governo Temer apresenta padrão ético e conduta moral bastante questionável. Segundo reportagem do...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br