Museus da Secult Bahia tem programação para todas as idades

Pátio do Palacete das Artes Rodin Bahia.

Pátio do Palacete das Artes Rodin Bahia.

Para celebrar o mês das crianças a Diretoria dos Museus (Dimus) promove em Salvador e no Recôncavo uma diversificada programação para toda criançada e também para adultos. Dentre a programação tem oficinas, apresentações, brincadeiras e debates sobre preservação e cidadania. A programação é ampla e dura todo o mês de outubro, também gratuita.

No Palacete das Artes, Crianças, educadores e famílias estão convocados a costurar bonecos de pano a partir dos desenhos das crianças, para mobilizar cidadãos em defesa da paz, da infância bem vivida e da segurança em locais públicos, reconhecendo a cidade como um espaço educativo. A iniciativa integra a oficina PRESENÇA, “A criança na sua FelizCidade”, e acontece neste sábado (08/10/2016), a partir das 14h, no Palacete das Artes.

Com o tema “Coração Valente pela Paz” o projeto será realizado em 40 cidades brasileiras e 18 países, sempre com oficinas de produção de bonecos. Tudo que for produzido estará à disposição dos visitantes em um ato público, na manhã do Dia das Crianças, 12 de outubro, no Subúrbio de Salvador. O objetivo é comunicar que a cidade é nossa casa e precisa ser cuidada por todos, em defesa da ocupação de espaços que proporcionam diálogos entre crianças e adultos, na construção de uma cultura de paz e fortaleça uma cidade com uma nova identidade, fruto de participação e reflexão.

Palacete das Artes é um órgão vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural/Secretaria de Cultura. Funciona de terça a sexta, das 13h às 19h, e sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h. Mais informações no tel. 71 3117 6987, e site www.palacetedasartes.ba.gov.br.

Já no Hospital Martagão Gesteira, a programação da Semana da Criança conta com a participação da Oficina de Pinhole, promovida pelo Museu Tempostal, na próxima terça (11), a partir das 9h. A atividade acontece no próprio hospital (Rua José Duarte, 114 – Tororó), com crianças de 7 a 11 anos em tratamento na instituição de saúde, sendo ministrada pelos colaboradores do Setor Educativo do museu.

A oficina ensinará o conteúdo teórico para a construção das câmeras pinhole, que resultam de um processo artesanal dispensando o uso de lentes. Logo sem seguida será ensinado um passo-a-passo da técnica e por fim a revelação das fotografias produzidas. O objetivo é incentivar a criatividade, a expressão artística e o diálogo com o acervo do Museu Tempostal de forma educativa e lúdica, estimulando que as crianças tenham uma nova visão de mundo através da criação e utilização do pinhole.

No Recôncavo Baiano, em Cabaceiras do Paraguaçu, acontece um projeto no Parque Histórico Castro Alves “Brincando como no tempo de nossos avós”. As brincadeiras acontecem durante todo o mês de outubro de segunda a sexta das 9h às 12h e das 14h às 17, além dos finais de semana e feriados das 9h às 14h. O objetivo é utilizar brinquedos e brincadeiras do tempo antigo apresentando as crianças dos dias de hoje. A coordenadora do parque, Diogénisa César, explica que serão apresentadas brincadeiras simples que os antigos brincavam no quintal de casa, tais como “Cinco Marias”, “Escravos de Jó”, “Amarelinha”, Esconde-esconde”, “Passar anel”, “Batata quente”, etc. “Serão apresentadas brincadeiras simples, que se faziam nas ruas ou nos quintais de casa”, conta. O projeto dá a criatividade para a criança utilizar utensílios fáceis de encontrar e de improvisar um novo jogo. Para mais informações pode ligar para (75) 3681-1102.

Parque Histórico Castro Alves (PHCA) – Por conta do primeiro centenário da morte de Castro Alves, em março de 1971 foi inaugurado, no lugar onde ele nasceu, o museu biográfico Parque Histórico Castro Alves (PHCA), numa área de 52 mil metros quadrados. O acervo convida os visitantes a mergulharem no universo do porta-voz literário da Abolição da Escravatura no Brasil, através de seus poemas, informações e objetos pessoais dele e familiares. Além do museu, o parque contém um anexo com sala multimídia, auditório, biblioteca, infocentro, reserva técnica, refeitório e administrativo. Na área de Mata Nativa, os visitantes podem fazer uma trilha e visitarem o Pouso de Adelaide, o Anfiteatro, a Cruz da Estrada, a Fonte e o Marco da Fazenda.  O público pode ainda usufruir dos projetos socioeducativos: Conhecendo as Nascentes; Sarau no Parque: Música, Poesia e Arte nos Finais de Tarde; Brincando no Parque como no Tempo de Nossos Avôs; Oficina de Teatro; Baú de Memórias e Sopa de Letras. Anualmente, o parque também promove o Festival de Declamação de Poemas de Antônio Frederico de Castro Alves. O Parque Histórico Castro Alves (PHCA), integra os espaços administrados pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC), da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

Agenda

Quando: 8 de outubro, às 14h | Onde: Palacete das Artes  – Rua da Graça, 284 | Salvador

Quando: 11 de outubro, a partir das 9h | Onde: Hospital Martagão Gesteira

Quando: todo mês de outubro, de segunda a sexta das 9h às 12h e das 14h às 17. Finais de semana e feriados, das 9h às 14h. | Onde: Parque Histórico Castro Alves, em Cabaceiras do Paraguaçu, no Recôncavo Baiano

Outras publicações

Deputado Leur Lomanto Jr. propõe convocação de presidente da CBPM para esclarecer crise no governo Wagner Leur Lomanto Junior: “O governo do PT conseguiu afundar as contas do Estado”. Diante da noticiada crise nas contas do governo estadual e do relato d...
Deputado Carlos Gaban crítica contas do governo Wagner de 2011 Carlos Gaban: “Dos 11 hospitais geridos por Organizações Social, com recursos públicos que totalizavam um montante de R$ 359 milhões, auditores do TC...
Maurício Bacellar toma posse no Detran Bahia e prioriza valorização do servidor Maurício Bacellar assina termo de posse. Investir em tecnologia, quadro de pessoal, comunicação, e combater permanentemente a violência no trânsito ...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br