Governo da Bahia comemora ‘Dia do Professor’ com valorização da categoria

Beatriz Daltro, professora aposentada de Coração de Maria.

Beatriz Daltro, professora aposentada de Coração de Maria.

Do município baiano de Coração de Maria, localizado a 100 quilômetros de Salvador, já saíram médicos, advogados, professores e muitas outras pessoas bem sucedidas, mas para a cidade alcançar o patamar de uma educação satisfatória, importantes intervenções precisaram ser feitas por moradores da região. A professora Beatriz Daltro, hoje com 72 anos, foi uma das educadoras que dedicou a vida para a transformação do ensino.

Ela atuou 32 anos no serviço público estadual e, desde 1974, garante a alfabetização de alunos na Escola Sagrado Coração de Jesus, instituição particular de ensino que fundou ainda jovem. Hoje, ela é um exemplo da dedicação dos professores baianos que comemoram seu dia no próximo sábado (15/10/2016). “A gente tem que estar sempre preparando os jovens para o mundo lá fora. Eles precisam de conhecimento para crescer e se desenvolver. Sem isso, ninguém vai longe, e a função do professor é direcionar o estudante”, afirma a educadora.

Quando o assunto é educação, a pró Beatriz ocupa um papel de destaque no município. Muitos dos professores que dão aula nas escolas públicas e particulares de Coração de Maria foram alunos dela. Frederico Marques é um deles. Hoje ele ensina física na Escola Estadual Dom Pedro II, e muito do que aprendeu deve ao incentivo da professora. “Escolhi ser professor para minha vida. Ela, com certeza, contribuiu com isso. Gosto de lecionar e sei que alguns alunos marcam a nossa história como educador. Gostei tanto de estudar com a professora Beatriz que minha filha de sete anos é aluna no Sagrado Coração de Jesus, uma escola que eu fui aluno no passado”, conta Frederico.

O protagonismo assumido pela professora Beatriz ultrapassa as barreiras do ensino tradicional. A sintonia entre ela e muitos alunos é estreita a ponto de se confundir com uma relação de mãe e filho. “Tenho os meus alunos como meus filhos. Digo sempre para eles, sou professora, amiga, mãe e dona da escola. Eles podem contar comigo para qualquer coisa”, destaca.

E não é a apenas carinho o que os mais novos sentem pela professora, já aposentada. Dos adultos aos mais jovens, ter assistido aulas, ou, recebido orientações e incentivos da educadora é motivo de orgulho e gratidão. “É um prazer para a gente dizer que estudou lá [na Escola Sagrado Coração de Jesus]. A honra é toda de nós alunos, por termos ela como professora. Ainda hoje onde a gente chega é uma satisfação enorme dizer: ‘aquela ali foi minha professora. Ela participou da minha vida durante os estudos’ “, afirma o estudante Gabriel Miranda.

Em Coração de Maria, quando o acesso à educação era privilégio de poucos, a professora democratizou o bom ensino e ajudou a construir o caráter de uma geração. Hoje empresária, Edna Brandão reconhece o valor do conhecimento adquirido na época de escola. “Todas as pessoas que por aqui passaram sabem da importância que pró Beatriz teve na vida de cada um. Hoje eu sou o que sou agradeço a ela, porque ela foi a base. Sem base não somos nada. A educação deve ser sempre prioridade”, ressalta a empresária, Edna Brandão, ex-aluna da professora Beatriz.

Reconhecimento

Assim como a professora Beatriz Daltro, outras educadoras dedicam a vida para fortalecer a educação no estado da Bahia. Empenhado em garantir a melhoria do ensino público estadual, o Governo do Estado reconhece o valor desses profissionais, investindo em melhorias na condição de trabalho e capacitação.

Somente em 2016, o Instituto AnísioTeixeira formou mais de 8,6 mil professores em cursos de formação inicial e continuada, que também foi promovida para docentes de Língua Portuguesa e de Matemática através do Projeto Gestar na Escola. Na Bahia, o programa está presente em 300 escolas estaduais de 190 municípios, beneficiando aproximadamente 221 mil estudantes.

Piso salarial

Professores e coordenadores do magistério da rede estadual de ensino passaram a receber salários compatíveis com o piso salarial de suas carreiras. O pagamento da diferença salarial é retroativo a abril deste ano e terá um impacto na folha estadual de R$ 263,6 milhões, divididos entre os anos de 2016 e 2017.

A carreira dos docentes foi reestruturada pelo Governo do Estado para garantir o cumprimento do Piso Nacional da Educação. A Lei 13.569, que promove as mudanças necessárias a esta equiparação salarial, foi sancionada em 18 de agosto deste ano, pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), e contempla mais de 30 mil servidores, entre ativos e inativos.Pela lei, o ajuste concedido pela Bahia na remuneração inicial da carreira do magistério agora passa a ser de R$ 2.145,36, valor pouco acima do piso nacional da categoria, que é de R$ 2.135.

Universidades

O crescimento expressivo das promoções e progressões, a revogação da Lei 7.176/97 e a sanção da Lei 13.376/15 são algumas das recentes conquistas obtidas pelas quatro universidades estaduais (Uneb, Uesc, Uefs e Uesb). Paralelamente, o Governo do Estado vem garantindo o orçamento dessas instituições em sua integralidade, sem contingenciamento.

Para este ano, o orçamento – cuja gestão é feita pelas próprias instituições – é de 1,26 bilhão em investimento, custeio e gastos com folha de pessoal. E se configura 5,6% maior que o de 2015 e 16% maior que o de 2014. Além do constante crescimento no volume de recursos destinados à educação superior, as universidades não foram incluídas no contingenciamento anunciado pelo Governo em fevereiro deste ano.

Para se ter uma dimensão do tamanho do orçamento das universidades, o orçamento previsto para toda a rede de educação básica do Estado, que engloba 42 mil professores e mais de 916 mil estudantes matriculados, é de R$ 3,7 bilhões. Enquanto isso, as quatro universidades estaduais têm, juntas, orçamento de 1,26 bilhão, o que corresponde a quase 1/3 do orçamento da rede básica, e concentram 4.628 professores e 42.270 estudantes.

Outras publicações

Governador Rui Costa cobra redução de despesas e garante investimentos Governador Rui Costa se reúne com secretariado. "Nós estamos cortando orçamento para manter o equilíbrio fiscal e investimentos para os baianos”. A ...
Governador Rui Costa inaugura Centro de Atenção às Pessoas com Autismo em Salvador Fachada do Centro de Atenção às Pessoas com Autismo, unidade de Salvador. Governador Rui Costa participa da implantação do Centro de Atenção às P...
Bahia defende disciplina de trânsito no ensino público Governo defende disciplina de trânsito no ensino público. Incluir a disciplina educação para o trânsito na matriz curricular do ensino público brasi...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br