Feira de Santana: vereador Edvaldo Lima critica líder do governo e prefeito

Edvaldo Lima: choradeira de líder é a pior coisa que tem.

Edvaldo Lima: choradeira de líder é a pior coisa que tem.

Durante o uso na tribuna, na sessão ordinária desta quarta-feira (05/10/2016), na Casa da Cidadania, o vereador Edvaldo Lima (PP) teceu críticas ao colega José Carneiro (PSDB), que é líder do Governo na Câmara.

“Choradeira de líder é a pior coisa que tem. Este líder não tem condições nem argumentos para defender seu governo. Lembro-me bem que logo que assumiu o mandato ele fazia críticas ferrenhas ao Governo do tipo:’ até o momento o Governo não entregou o fardamento da rede municipal’, mas ai o prefeito deu um cala boca a ele e deu a liderança do Governo, ai agora é só aplausos. Mas, ele não tem nenhuma condição de defender e observem que fica o tempo todo atingindo a moral do vereador Edvaldo”, disse Edvaldo Lima.

Ainda segundo o edil, Carneiro deveria usar a tribuna para apresentar as obras do Governo e não ficar atingindo sua moral. “O prefeito escolheu um mau líder para fazer a defesa do Governo, porque ao invés de apresentar as obras do Governo fica atingindo minha moral, já me chamou de satanás e de diabo. Se eu sou um vereador que não tenho o temor a Deus, já tinha saído na mão com o colega José Carneiro. Mas, sempre digo que nossas divergências devem ser dentro da Câmara para buscar melhorias para Feira de Santana”, avaliou.

Em aparte, o líder do Governo na Casa, vereador José Carneiro fez sua defesa. “Vossa Excelência pode até me fazer críticas, mas só quem pode me avaliar é o prefeito José Ronaldo. Dizer na tribuna que Vossa Excelência mais parece satanás pregando quaresma é o mesmo que dizer que não é coerente no que fala, que não fala coisa com coisa. Vou lembrar também que, no início do mandato, andava colado com o prefeito, mas depois passou a fazer ofensas e acusações infundadas. Sobre minha posição, o nome disso é lealdade”, argumentou.

Para finalizar, Edvaldo pediu que os servidores da Casa passem para ele os áudios e atas das sessões de 2013 até os dias atuais. “Para provar que eu não faço debate buscando atingir a moral ou honra de ninguém. Temer a Deus e respeitar os homens foram coisas que meu pai em ensinou. Agora, defender a população e falar a verdade essa postura eu tenho”, findou.

Edvaldo faz defesa de secretário estadual de Infraestrutura

Voltando a usar a tribuna, no tempo do grande expediente, na sessão ordinária desta quarta-feira (05), na Câmara de Vereadores de Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (PP) continuou o debate com o colega Justiniano França (DEM) sobre a promessa do secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Benício Foltz Cavalcanti, feita no programa eleitoral do candidato Jairo Carneiro. O secretário prometeu concluir 100% da rede de esgotamento sanitário de Feira de Santana.

“Eu respondo às críticas de Justiniano com os pés no chão. Não sei porque ele fica disparando a metralhadora contra o secretário, que é do meu partido. A saúde do Município está na UTI, os postos de saúde não têm médicos e especialistas para atender à população. O que Vossa Excelência me diz disso? No horário político o prefeito de seu partido prometeu construir uma clínica com especialistas. Não acha que essa promessa também é um deslize? Ele passou tantos anos no Governo e precisa de mais uma oportunidade para construir essa clínica?”, dirigiu-se Edvaldo a Justiniano.

Em aparte, Justiniano França pediu que o colega avaliasse as situações. “O deslize do seu governo foi rejeitado, mas as promessas do meu foram aceitas por 70% da população”, avaliou.

De volta com a palavra, Edvaldo disse que respeita o sentimento da população, mas questiona porque esta obra não foi feita durante os 16 anos que o prefeito José Ronaldo esteve no mandato. “Agora quero ver essa promessa cumprida e vou cobrar. Sei que daqui há dois anos ele vai se afastar para se candidatar ao Senado e dará as costas à Feira de Santana, ai quero ver ele cumprir essa promessa. Infelizmente sabemos que é mais uma enganação ao povo de Feira”, disparou.

Novamente em aparte Justiniano agradeceu ao colega por lançar o nome do prefeito José Ronaldo a senador. “Se diz isso é porque sabe que ele tem potencial para galgar uma vaga no Senado. Obrigado por começar esta campanha”, disse.

Edvaldo critica prefeito por não reconhecê-lo como vereador de oposição

Nesta quarta-feira (05), durante discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Edvaldo Lima (PP) criticou o prefeito José Ronaldo, que, segundo ele, não o teria reconhecido como edil de oposição ao Governo do Município.

O pepista disse que tomou conhecimento de que um repórter questionou o chefe do Executivo Municipal se a oposição na Casa da Cidadania teria encolhido com o resultado das eleições deste ano. Conforme Edvaldo, José Ronaldo respondeu ao entrevistador que, para a próxima legislatura, só reconhecia como opositor o edil Alberto Nery (PT).

“Bem verdade, este vereador não é oposição a ele não, eu tenho é buscado cumprir o que a Constituição manda, que é o papel legítimo do vereador, que é fiscalizar o Executivo, fazer as leis municipais e representar o povo”, afirmou Edvaldo.

O edil disse que reconhece a reeleição de José Ronaldo, por ter sido eleito pelo povo democraticamente, mas, segundo Edvaldo, o gestor municipal não demonstra respeitar a população.

O vereador alertou que tem muitas denúncias para fazer aos órgãos competentes. “Meu papel não vai ficar apenas na Casa da Cidadania, uma vez que já tenho várias denúncias no Ministério Público, agora vou estar buscando não mais o Ministério Público como também a Justiça, para que ele [José Ronaldo] responda pelos deslizes que tem cometido, para reconhecer que o vereador Edvaldo Lima é vereador eleito nesta Casa”, pontuou.

Edvaldo acrescentou: “a partir de agora a luta vai continuar, como tenho feito nesses quatro anos nesta Casa. Eu não me furtei de buscar representar a população com dignidade. É isso que está doendo neste Governo, a pedra no seu sapato é porque o vereador Edvaldo Lima não deu sossego, não deixou dormir várias noites, mas vou deixar ele daqui pra frente com seu sono mais tranquilo, porque agora vou acionar o MP, e o MP já cobrou contratação das enfermeiras. Agora vai ter oposição ferrenha nesta Casa. Ele achou pouco! Na verdade, eu deveria ter denunciado muito mais”, disse.

Em aparte, o vereador José Carneiro (PSDB) comentou o assunto. “Espero que Vossa Excelência volte mais maduro, porque fazer oposição não é o que o senhor faz. Oposição é fazer críticas construtivas, e não fazer acusações indevidas. O senhor precisa amadurecer e fazer oposição ferrenha de forma coerente, assim como o povo não aceitou seu posicionamento, caindo sua votação de cinco mil para três mil votos”, ressaltou.

Retomando a palavra, Edvaldo Lima atribuiu a sua menor votação ao prefeito José Ronaldo. “Seu Governo que não tem coerência, que não considera o vereador Edvaldo como oposição, colocou vários cavalheiros para tentar tirar a minha reeleição, mas o Deus que eu sirvo é mais forte e por isso ainda tive praticamente quatro mil votos. Só na minha rua foram dois candidatos a vereador e em três ruas diferentes o Governo colocou 11 candidatos”, criticou.

O pepista acrescentou que somente na igreja Assembleia de Deus concorreu com 12 candidatos a vereador. “Mas passei o rodo e consegui me reeleger. Ele [José Ronaldo] conseguiu tirar alguns votos, mas não minha reeleição, que é o mais importante. Eles vão ter que me engolir por mais quatro anos”, concluiu.

Outras publicações

Câmara Municipal de Feira de Santana confere Comenda Maria Quitéria a João Rodrigo Uzzum, Laércio dos Santos e Lúcio Neves João Rodrigo de Souza Uzzum, José da Costa Correia Filho, Laércio dos Santos e Lúcio Rodrigo de Jesus Neves. Dois delegados de polícia e um médico f...
Vereador apresenta projeto em homenagem trajetória política do ex-deputado federal Sérgio Carneiro Vereador Pablo Roberto apresenta projeto que presta homenagem ao ex-deputado federal e secretário municipal de Relações Insterinstitucionais Sérgio B...
Eleições 2016 – Bahia: polícia registra 79 crimes eleitorais Polícia registra 79 crimes eleitorais na Bahia. A polícia baiana registrou, até as 16h30 deste domingo (02/10/2016), 79 ocorrências referentes a cri...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br