Feira de Santana: prefeito José Ronaldo lamenta morte de padre Hipólito Maria Chemello

Hipólito Maria Chemello (Popó). Padre atuou durante 15 anos na Paróquia de Todos os Santos.

Hipólito Maria Chemello (Popó). Padre atuou durante 15 anos na Paróquia de Todos os Santos.

Em mensagem enviada de Bogotá, onde se encontra participando de um seminário internacional sobre mobilidade urbana, o prefeito José Ronaldo de Carvalho lamentou a morte de padre Hipólito Maria Chemello, o padre Popó, como era carinhosamente conhecido entre os católicos feirenses.

“Lamento profundamente. Foi um religioso muito querido e trabalhador, um incansável na busca da paz e do bem. Fez bastante por nossa cidade”, diz o prefeito de Feira de Santana.

Padre Popó nasceu em 23/04/1931, na Italia, e ordenado padre jesuíta em 08/12/1961. Atuou durante 15 anos na Paróquia de Todos os Santos, no bairro Queimadinha, em Feira de Santana. Chegou como vigário em 1998. Cinco anos depois assumiu como pároco.

Lutou pela implantação da Unidade Básica de Saúde Todos os Santos, na Queimadinha. No Natal, se vestia de papai Noel e distribuia presentes a crianças carentes.

Apoiou iniciativas importantes, como a Infancia Missionária. Recebeu da Câmara Municipal o Título de Cidadão Feirense. Em 2013, por conta de sua saúde debilitada, foi transferido para Salvador e posteriormente para a Arquidiocese de Fortaleza.

Outras publicações

Salários no Brasil aumentaram mais que o dobro da média mundial, diz OIT Salários cresceram 2,7% no Brasil em 2011. Os salários no Brasil cresceram no ano passado mais do que o dobro da média mundial, de acordo com um est...
Pesquisa: O fluxo turístico da Bahia atingiu 9 milhões. Números confirmam estado entre um dos principais destinos turísticos do país “Os dados são extremamente positivos e mostram que todo o esforço para melhorar a qualidade do atendimento e em infraestrutura está sendo reconhecido...
Governo quer aumentar número de médicos formados no país e melhorar distribuição regional. Duas universidades federais baianas passarão a contar com cursos de medicina O ministro Aloizio Mercadante calcula que, para chegar a 2,5 médicos por mil habitantes até 2020, é preciso abrir 9 mil vagas, "o que é absolutamente...

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br