Eleições 2016: SSP contabiliza 67 presos e 264 ocorrências nas eleições 2016

Trinta e um mil policiais atuaram nas áreas das 205 zonas eleitorais da Bahia e também no Centro de Operações e Inteligência da SSP.

Trinta e um mil policiais atuaram nas áreas das 205 zonas eleitorais da Bahia e também no Centro de Operações e Inteligência da SSP.

A polícia encaminhou para as delegacias territoriais 67 pessoas por práticas de crimes eleitorais na Bahia durante o pleito municipal ocorrido no domingo (02/10/2016). Em Salvador não foi registrada prisão, mas na Região Metropolitana uma pessoa foi detida. A grande maioria dos flagrantes aconteceu no interior.

No total foram 264 ocorrências de crimes eleitorais, destacando-se 139 casos de ‘boca de urna’, 41 de transporte irregular de eleitores, 30 de impedimento ao direito de voto, 11 de concentração para atrapalhar o pleito, dez de compra de voto, cinco de desrespeito à Lei Seca, dois de violação do sigilo da urna, dentre outros delitos.

Os integrantes das forças estaduais de segurança apreenderam também 14 armas (11 de fogo e três brancas). “Estamos hoje comemorando o que deu certo e já debatendo o que pode ser aperfeiçoado para as próximas eleições”, declarou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, ressaltando o empenho dos integrantes das polícias Militar, Civil e Técnica e do Corpo de Bombeiros e das instituições federais e municipais, parceiras da SSP.

Pouco mais de 31 mil policiais trabalharam para garantir o livre direito de escolha eleitoral dos baianos. Dentre as atribuições estavam a escolta e guarda das urnas, patrulhamento nos locais de votação e apuração e o combate a delitos eleitorais. Houve reforço em 90 cidades com histórico de crimes eleitorais e em localidades que registraram ocorrências policiais às vésperas da disputa.

O Centro de Operações e Inteligência da SSP, localizado no CAB, monitorou 205 zonas eleitorais espalhadas em todos os 417 municípios baianos. Unidades móveis (caminhões) do Centro Integrado de Comando e Controle Regional foram colocadas em pontos estratégicos do estado, transmitindo imagens do pleito.

Também no Centro de Operações, representantes de instituições da segurança e defesa civil federais, estaduais e municipais estiveram reunidos no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), observando a execução do planejamento das ações operacionais. Equipes especializadas de pronta resposta ficaram à disposição para o caso de ocorrências que colocassem em risco o bem-estar dos eleitores.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br