Eleições 2016 – Feira de Santana: José Ronaldo é reeleito prefeito

José Ronaldo de Carvalho foi eleito quatro vezes prefeito de Feira de Santanana

José Ronaldo de Carvalho foi eleito quatro vezes prefeito de Feira de Santanana

José Ronaldo de Carvalho (DEM) foi reeleito prefeito de Feira de Santana pela coligação ‘O trabalho vai continuar’ formada pelos partidos DEM, PMDB, PPL, PTC, PPS, PSDB, PSDC, PV, PMB, SD, PTB, PRP, PSC, PEN, PSL, PHS, PRB e PT do B.

José Ronaldo obteve 212.408 votos, equivalente a 71,12% dos votos válidos. O mandato têm início em 1º de janeiro de 2017 e encerra em 31 de dezembro de 2020.

O vice-prefeito na chapa liderado por José Ronaldo é o médico Colbert Martins Filho (PMDB).

Perfil do prefeito eleito

José Ronaldo de Carvalho nasceu em 18 de julho de 1951, é natural de Paripiranga, tem nível superior completo e é casado.

Com a vitória, José Ronaldo torna-se o primeiro político a vencer quatro eleições majoritárias em Feira de Santana.

Durante a trajetória política, José Ronaldo foi eleito vereador em Feira de Santana de 1983 a 1987 (PDS), deputado estadual de 1987 a 1998 (PFL), deputado federal 1999 a 2000 (PFL) e prefeito de Feira de Santana com mandatos de 2001 a 2004 (PFL), 2005 a 2008 (PFL), 2012 a 2016 (DEM), sendo reeleito em  2016 (DEM).

De perfil conservador, o prefeito reeleito faz parte de um partido que tem origens na União Democrática Nacional (UDN). A UDN fazia oposição ao governo de Getúlio Vargas, e possuía orientação conservadora. O udenismo caracterizou-se pela defesa do liberalismo clássico e da moralidade, e pelo ataque ao populismo. Era um partido com intenso apoio das classes médias urbanas e de parte da elite. Assim como o atual DEM, era considerado o partido mais à direita no espectro político brasileiro. Hoje muitos integrantes do DEM são herdeiros políticos de antigas famílias udenistas, como os Caiado (GO), os Maia (PB, RN e RJ) e os Magalhães (BA).

Em 4 de abril de 1966, com o fim do pluripartidarismo, a UDN é extinta. A partir da adesão majoritária de membros da União Democrática Nacional (UDN) e do Partido Social Democrático (PSD) é fundada a Aliança Renovadora Nacional (ARENA), com a finalidade de dar sustentação política ao Golpe Civil/Militar de 1964.

Em 29 de novembro de 1979, a ARENA é extinta e os membros refundam o Partido Democrático Social (PDS). Em 1985, com distensionamento do Golpe Militar, ocorre a eleição indireta de Tancredo Neves para presidente da República. O PDS passa por divisão interna, e em 24 de janeiro de 1985, a maioria dos membros do antigo PDS funda o Partido da Frente Liberal (PFL). Em 28 de março de 2007, em decorrência do fracasso eleitoral de 2006, o PDS muda de nome e passa a chamar-se Democratas (DEM).

Concorrentes 

José Cerqueira Neto (Zé Neto, PT) ficou em segundo lugar, com 46.912 votos, equivalente a 15,71% dos votos válidos. Fizeram parte da coligação liderada por Zé Neto os partidos PT, PDT, PTN, PS do B.

Jhonatas Monteiro (PSOL) ficou em terceiro lugar, com 27.503 votos, equivalente a 9,21% dos votos válidos.

Jairo Carneiro (PP) ficou em quarto lugar, com 8.812 votos, equivalente a 2,95% dos votos válidos.. Fizeram parte da coligação liderada por Jairo Carneiro os partidos PP, PR, PSD e PROS.

Angelo Almeida (PSB) ficou em quinto lugar, com 2.763 votos, equivalente a 0,93% dos votos válidos. Além do PSB, apoiou a chapa liderada por Angelo Almeida a Rede, com o candidato a vice-prefeito pastor Enock.

Leonardo Pedreira (PCO) ficou em sexto e último lugar, com 283 votos, equivalente a 0,09% dos votos válidos.

Leia +

Eleições 2016 – Feira de Santana: mulheres perdem espaço no legislativo; apenas dez vereadores foram reeleitos, enquanto quatro ex-vereadores retornam à Câmara Municipal

Outras publicações

Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana destaca viagem de vereadores e imprensa para vistoria em fábrica de ônibus em São Paulo Reinaldo Miranda Vieira Filho (Ronny) destaca viagem de vereadores e imprensa para vistoria em fábrica de ônibus em São Paulo. Nesta terça-feira (17...
Natal de vários estilos na Praça de Feira Música popular brasileira, melodias românticas e reggae começaram a ser apresentados hoje (21/12/2016) para o público que comparecer ao “Natal na Praç...
Deputado Carlos Geilson cobra construção de viaduto na ligação entre a BR 324 e a Noide Cerqueira em Feira de Santana Carlos Geilson cobra investimentos. (Foto: Carlos Augusto | Jornal Grande Bahia) A construção de um viaduto na ligação entre a BR 324 e a Noide Cerq...

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: diretor@jornalgrandebahia.com.br.