Deputado Ronaldo Carletto manifesta-se contra o fim da vaquejada

Ronaldo Carletto: Qualquer atitude contra essa grande tradição cultural nordestina é preconceituosa.

Ronaldo Carletto: Qualquer atitude contra essa grande tradição cultural nordestina é preconceituosa.

Após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de derrubar uma lei do Ceará que regulamentava a vaquejada no estado, deixando ameaçada a realização da atividade em todo o Brasil, o deputado federal Ronaldo Carletto (PP) se manifestou sobre o assunto e afirmou que a vaquejada faz parte da vida dos nordestinos. Além disso, ressaltou que, na Bahia, já existe uma lei, aprovada em 2015 e sancionada pelo governador, que regulamenta a vaquejada como prática desportiva, instituindo medidas de proteção e combate aos maus-tratos com os animais.

O parlamentar também salientou que a vaquejada é reconhecida por lei, desde 2014, como patrimônio cultural imaterial do Estado da Bahia, além de ser fonte de renda em diversas cidades do Nordeste. “Qualquer atitude contra essa grande tradição cultural nordestina é preconceituosa. Essa atividade gera centenas de empregos, movimenta a economia de toda a região. Se a atividade é secular, traz benefícios para a economia, já possui lei para evitar maus-tratos com o aninais, por que precisa acabar? Não podemos aceitar isso”, enfatizou.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Facebook do JGB

Publicações relacionadas

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia é um portal de notícias com sede em Feira de Santana. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br